Opinitivo e Pessoal

O bom e correto, é a confusão de gênero?


Segundo Zé Ulisses e Fredão, Há algumas teorias modernas que em suma, questiona qual é, OU, QUAL SERIA o gênero de Deus (Se masculino, feminino, LGBTX, inexistente)! Mas, porém, contudo, e, no entanto, somente nas sociedades cristãs, democráticas e do estado de direito é que “o Deus das escritura judaico-cristã”, se é permitido questionar até mesmo o gênero de Deus.

Noutras sociedades não cristãs, não é permitido questionar a virilidade, heterossexualidade dos deuses, tal qual, por exemplo Alá! Tanto quanto não é questionável o gênero masculino e os atributos do profeta Maomé, sem que, se corra o risco de ser morto por algum seguidor um tanto quanto exagerado! Por isto, mesmo que seja possível, os tais, se resguardam, e por medo, temor, covardia, não afrontam os devotos e religiões mais propensos a defender o gênero de suas divindades e de suas personalidades históricas.

Segundos os personagens (Zé Ulisses e Fredão) somente é possível crê e aceitar o GÊNERO MASCULINO, heterossexual e MACHO ALFA do Deus judaico-cristão em religiões, povos e culturas em que o macho e a heterossexualidade, é o padrão estabelecido. Que, digo de passagem, é o comum e o estabelecido! Fora esta realidade, dizem eles (Zé Ulisses e Fredão), a promiscuidade sexual impera! E pior, as vezes as pessoas divinas são retratadas com baixa influência normativa sexual. Ou seja, nem mesmo as pessoas divinas sabem definir sua própria sexualidade, como é que poderiam ser normas estabelecida para o que nEles creem?

Me disse Fredão: Pode observar a ambiguidade, a indecisão, a falta de caráter sexual das divindades. São personas, de essências indecisas! Que aceitam o macho, a fêmea, o indeciso, o gênero promíscuo, o indefinido… o bom e correto, é a confusão de gênero! Zé Ulisses que é mais radical, me disse:

– Para mim, não há confusão! As decisões de Deus nas escrituras e na história mundial, aponta que Deus é um macho alfa, que, sequer, permite ser questionado sua autoridade, decisão, vontade e pensamentos fora do que Ele estabelece como permitido.

Quanto a mim, Adão Braga, comum e mortal, depois que ouço cada um deles, fico sempre na dúvida do que é que é mesmo verdade, correto e qual caminho devo tomar! Cada um deles expõe argumentos favoráveis aos seus temas e pensamento de forma coerentes e factíveis. Sem definirem e estabelecerem regras, mandamentos, preceitos e leis para que eu possa seguir, pois, afinal, eu sou um legalista, apocalíptico, cataclismo e pessimistas com este nosso mundinho azul!

Anúncios

Um comentário em “O bom e correto, é a confusão de gênero?

  1. Um mundo que nos parece sem rédeas e sem freio.
    Um mundo onde valores são colocados na berlinda continuamente, é um mundo que nos faz não leva-lo tão a sério, mas corre-se o risco dele nos abandonar com nossos princípios de pensamentos. Creio que os amigos Ulisses e Fredão saíram de uma sala de química quântica, bons rapazes que fazem pensar e refletir.
    Abraços amigo.
    Chove por estas terras?

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s