Opinitivo e Pessoal

Qualquer atitude nossa, seremos taxados de insensíveis, ingratos, sem noção, violentos, desumanos e que para nada servimos!


Eu sou criacionista! E, em minha opinião, não existe ser, criatura, essência, persona, substância mais complexa, inexplicável, interessantes, ilógica, fora da curva, sem conceito, “invetorial” do que a mulher.

Uma mulher é um ser assim: complexa, inexplicável, ilógica, fora da curva, sem conceito, sem vetor, “sem função” – no conceito matemático de que cada A equivale um elemento em B ou outro tipo diferente de função matemática; ela é sempre o contrário da função explicada no conceito matemático.

Tenho dois filhos que minha esposa jura que sou o pai. Por ela jurar, explicar, dizer, me dar, e, eu ter registrado, creio pela fé que tenho dois filhos. Pois bem! Estes dois seres, vivem, vez ou outra me conflito. Nem sempre sei os motivos. Na última vez, eu perguntei-a:

– Por que motivo a briga começou?

Ela me respondeu:

– Se você que é pai, não sabe, não viu, não entende, não sou eu quem vai explicar!

Até agora estou no vácuo. Eles, como machos, homens, heteros que são, nada falam. Eu como tal, não irei perguntar. Ela, que poderia ter visto, acompanhado, perguntado, e saber, os motivos, condições, questões… não sabe… é melhor esquecer o assunto. Me convenço que, em certo interim, por uma deficiência tecnológica do protocolo UDP, perdi parte dos eventos, e sei que não haverá uma retransmissão do conteúdo. Adiante.

Depois de alguns anos de tratamento de câncer de linfoma, o filho mais velho, o primogênito teve várias mudanças na personalidade; tornou-se imediatista, não aceita explicações para o amanhã com facilidade, não deseja planejar o amanhã, pensa que, em um “espaço de um instante” tudo acabará; ainda tentamos, apesar de, alguns anos já passados, reverter tal condição!

Hoje, sábado de aleluia, nosso primogênito chegou em casa de volta de um acampamento/vibe com uns amigos. Estão alojados ali no espaço! Trouxe pelo menos meia dúzia de amigos e amigos, que julga ele, temos que cuidar, tratar bem, ser corteses, amáveis… e, nós somos. Eu me esforço, mas, ela, bem! Ela que está menstruada, exige mais de mim, que sou, o que prometeu estar ao lado dela.

É uma lástima, que nós homens, não temos justificativas plausíveis para maus humores, afinal, qualquer atitude nossa, ainda seremos taxados de insensíveis, ingratos, sem noção, violentos, desumanos e que para nada servimos.

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s