Opinitivo e Pessoal

A comunicação atual, se não for, por meio do “ter que desenhar”, a comunicação está comprometida.


Eu gosto de estudar matérias humanas. Gosto de sociologia, psicologia, pedagogia, psiquiatria, coisa e temas correlatas. Sou um leitor de muitos compêndios eletrônicos, físicos, e de diversos meios. Sou também muito falador. Converso muito, sou prolixo literalmente em vários meios: texto, vídeo, imagens. Pois bem! Acontece que ultimamente tenho percebido uma grande dificuldade em conversar, dialogar com as pessoas.

Esta dificuldade, tenho detectado nos meios: oral e escrita. Afinal, “vou ter que desenhar” já é uma frase famosa para afirmar exatamente o fim da picada. E qual é mesmo a dificuldade? Não sei bem, qual o vetor, sei que o problema está nas pessoas em entender frases simples, piadas bobinhas, trocadilhos, ironias, sarcasmos. Sei, que, simplesmente, tenho observado que as pessoas não estão mais entendendo cercas expressões, que antes, eram fáceis e inocentes.

Na internet, eu posso citar o último exemplo desta anomalia na comunicação. A matéria é do site da Exame. 5 características que mostram se você é inteligente, que, segundo o texto publicado são os seguintes:

  1. Se o filho primogênito;
  2. Ser ansioso;
  3. Ser divertido;
  4. Ser politicamente liberal;
  5. Usar drogas recreativas;

Baseado no texto eu emitir o seguinte comentário:

Para quem ler o texto da matéria e em seguida leia o comentário que fiz, se não estiver dentro das estatísticas do IBGE dos analfabetos funcionais, certamente perceberá a ironia e o sarcasmo do comentário. Mas, o que? Qual que nada! Uma quantidade considerável de analfabetos funcionais veio para cima de mim com críticas, com piadas, como que, se fosse eu o burro, sendo que, são eles quem não entenderam o que comentei. Afinal, meu objetivo era simples: se são estas as características, eu me sinto um gênio, porém, como crítica, sarcasmo escrevi: “eu mim sinto”

Por óbvio que eu cliquei no link da matéria para saber quais eram as características. Todos que lemos o texto, tem a curiosidade: será que eu tenho ao menos uma destas características?

E, a lista, não é o que se pensa que iria ler. O meu irmão primogênito morreu. Logo, dos filhos machos, do sexo masculino, eu sou o mais velho, mas, não me sinto mais inteligente do que o meu irmão caçula por ter nascido primeiro e estar mais tempo vivo do que ele. Tão pouco, penso que ser ansioso, me ajude a ser mais inteligente do que uma pessoa que pratica por exemplo meditação; tão pouco saber ser palhaço, fazer palhaçadas, coisas engraçadas possam me fazer mais inteligente do que outras pessoas, etc.

Então, é neste cenário, que entra meu comentário jocoso, infame, sórdido, sarcástico. O pior, é que, me criticaram por ter, deliberadamente ter escrito: “eu mim sinto um gênio”…, mas, não recebi nenhum elogio, por exemplo, ter sido capaz de fazer uma ironia. Que nada, somente uma pessoa percebeu; somente uma pessoa entendeu; somente uma pessoa foi lá e comentou assim:

Entre tantos críticos, uma pessoa que, certamente tenha lido o texto, e, o meu comentário entendeu o contexto.

Bem e aonde está o problema social na comunicação? É que, tenho observado, que as pessoas, devido às urgências, devido os muitos canais de redes sociais, os muitos clichês, muitas palavras abreviadas, muita comunicação iconográfica, figurinhas para lá, imagens pra cá, comunicação rápida, instantânea, estamos diante de uma sociedade que perde a capacidade de interpretar textos por meio da leitura.

A comunicação atual, se não for, por meio do “ter que desenhar”, a comunicação está comprometida. Se você não escrever com sinalizadores, do tipo, aspas, negrito, itálico, e outros artifícios para demonstrar, apontar que isto, é isto, e não aquilo, as pessoas não tem mais capacidade de entender o que você escreveu.

Por fim, o comentário teve este impacto, por que estava conectado e logado no Facebook com a conta do blog, e então, vem a minha constatação, de que, os usuários da rede social Facebook é mais lerdo para entender os textos; ou por outra, são milhares de pessoas facebooks, que só entendem por meio de desenhos.

Nota:

Já escrevi textos reconhecendo meus erros: Palavras erradas que já escrevi;

Anúncios

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s