Opinitivo e Pessoal

O xavecador surpreendido


Ele julgava-se um excelente xavecador. Tirava frase legais assim, como um mágico puxa o coelho da cartola. Todos sabemos que está ali escondido, só não vemos e nos surpreende a ação.

Quase na hora do almoço, viu uma mulher passar por ele. Como sempre, achou que era o momento de um galanteio e soltou a frase mais batida e repetida por ele nas últimas duas décadas:

– Se não olhar é feia; se não sorrir é banguela.

A mulher não apenas olhou. Ela parou! Olho-o de alto a baixo e sorriu. Ela era feia e banguela, mas, não recusou a proposta, nem se intimidou com a desfeita.

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s