Ações da alma Humana · Alma masculina · Comportamento Social · Geral, amplo e irrestrito · Inteligência e Espirito · Opinitivo e Pessoal · Participação, informação, comunicação · Reconhecimento · Vidas

Interpretações e liberdades de se expressar e ser controlado pelo politicamente correto


Eu sigo e leio muitos blogs. Pessoais, intimos, adulto, de artes, de filhos, de animais, de poesia, de música, politica, religião, futebol… enfim, uma lista enorme e variada de assuntos, gosto, ideias e pessoas.

No entanto, me incomoda e irrita a conduta atual de todos quererem ser e comportar-se como “politicamente corretos”, partidários da alimentação correta, do socialmente correto, do impoluto, do pudico, quase santo. As vezes, e ou talvez algum texto foi publicado com uma intenção, com uma ideia central, mas, uma pessoa comenta apontando uma outra direção, e, o texto, que não fora escrito com aquela ideia, passa a ser visto, apenas e tão somente com aquela visão.

O mais recente texto, que penso, foi interpretado e levado para outras bandas foi o que li no blog: Coisas da Chica, com o texto entitulado: E agora… e, também, pode ser que a minha interpretação é que esteja torta, na opinião e interpretação das outras pessoas que lá estão lendo o conteúdo da Chica, que, me causou admiração, dela já ter mais de 44 anos de casada.

Pois bem! E o que achei do texto é que os pontos importantes a ser observados são estes: o contraste de como vivia o filho, a nora, o neto em relação a casa simples da presente e atuante vó, que é, além de viúva (já sem o seu companheiro) adoentada, no entanto, poderosa, presente, atuante, carinhosa,  e útil o suficiente para cuidar do neto; com seus hábitos respeitados, e também, observo, que com seu espaço respeitado, com seus vícios e vontades devidamente alimentados e acariciados.

Onde vi união, família, carinho, atenção, respeito … outras pessoas viram abandono, descaso, exploração, tristeza; ainda bem, que outras pessoas também viram e interpretaram tal qual o que vi, interpretei e tenho como verdade. Nem todas as pessoas idosas que tem uma rotina de cuidar de netos, que moram em lugares, até aparentemente isolados dos demais familiares é desrespeito, exploração. Muitos idosos até optam para tal situação para poderem aproveitar ao máximo a vida que lhes restam, e estar próximo de filho, netos e noras.

Nem tudo é maravilhoso, lindo e paradisiaco. Sei que exitem sim pessoas que exploram, desrespeitam, espancam, maltratam, humilham os idosos. Neste caso, e noutros textos espalhados por ai, vejo que, o patrulhamento do “politicamente correto” faz é desviar a atenção da verdade, do que é correto, do que é, ou que foi a intenção do autor do texto.

Eu escrevo em meus blogs e sei que há o risco de ser mal interpretado, de querer escrever algo, e ser entendido de outras maneiras. Sei que tenho o direito de opinar, expressar, e também, tenho que conviver com o diferente, com todas estas pessoas que lêem e interpretam segundo a lupa e orientação de uma corrente.

Neste texto citado lá em cima, penso, que o objetivo era demonstrar a importância e o lugar que aquela vó, viúva e que aparentemente viviam num lugar simples, pobre, com poucos recursos tinha na vida do filho, da nora e principalmente da neta que expressou seu pesar: “E agora, como minha vida ficou?” – Umas pessoas pensam de uma maneira, outras seguem outros caminhos. Nas palavras da netinha é que se percebe como é que esta vózinha eram importante e como era influente na vida do casal, da família e da criança. Ela representava o carinho, afeto, proteção, aconchego, amor, dedicação, e todos sabiam de suma importância e dava-lhe o devido valor, é tanto, que os pais, adultos ficaram sem palavras para explicar.

É isto ai! Obrigado Chica pela reflexão!

3 comentários em “Interpretações e liberdades de se expressar e ser controlado pelo politicamente correto

  1. Li aqui, e, li também o texto no Blog de Chica, e fiquei também impressionada como algumas pessoas, ou mesmo Adão Braga, um grande grupo de pessoas pensam e agem da maneira como você reclama em seu texto. Mas, querido, o mundo é assim mesmo! Veja as questões politicas, por exemplo, milhares de nós achamos que o PT é corrupto, e milhares defendem os condenados do MENSALÂO como sendo eles inocentes e perseguidos, não é?

  2. Noooooooossa,Adão, confesso que fiquei surpresa em encontrar referência ao meu texto por aqui!

    Agora lembro do teu comentário por lá, deixavas clara a tua posição. Gostei muito e só posso te agradecer.

    Quando escrevemos nossos rabiscos sempre mexemos com as imaginações dos outros… Isso é legal! Adorei teu comentário e posição. Também pensei na menina que ficara sem o carinho, proteção da vovó,rs

    Obrigadão! abraços,chica

    1. Olá Chica!

      Que bom que gostastes e ficastes surpresa. Eu, fiquei incomodado com alguns comentários que li no seu texto, e, parece-me que algumas pessoas nem leram o texto, mas, eu perguntei para minha esposa e meu filho Kaio a opinião deles sobre o texto, e, Kaio opinou no mesmo rumo que vi, e Kátia, minha esposa, disse: “pobre avó, explorada pelo filho rico e nora que poderiam pagar uma babá” – É isto ai!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s