Ações da alma Humana · Alma masculina · Assuntos Aleatórios · Assuntos da Alma · Opinitivo e Pessoal · Participação, informação, comunicação · Reconhecimento

Como há vozes ruins cantando!


Quando jovem algumas vezes saíamos de Nanuque, Minas Gerais, para algumas das muitas praias a poucos quilômetros de distância, ou a poucas horas de viagem. Numa destas viagens à praia, fui parra uma cidadezinha na fronteira Minas e Bahia, em que, ficamos cantando as músicas de sucesso daquela época. Foi nesta época que ouvi a primeira vez sobre minha incapacidade para a vocação de cantor, assim disse Stela:

– Adão sabe todas as músicas. É admirável como ele sabe todas as músicas que se toca, mas, a voz dele é uma lástima. Como canta desafinado. Mas, ele pensa que é bom de cantador.

sofisticadas

Mas, eu não desistir não! Aos dezesseis anos, quando entrei como crente convertido ao adventismo do sétimo dia, tentei pelo menos duas vezes entrar no coral da igreja, e ainda tentei outras coisas, do tipo: dupla, trio, quarteto e grupo musical, no entanto, a natureza sempre me acompanhou em todos as tentativas, e até, se tornou fácil aceitar as explicações:

– você sabe a letra, sabe o ritmo, sabe entrar nos momentos certos, mas, você não tem afinação.

Na Faculdade de teologia, na matéria de música sacra e cristã, havia a regra de que todos deveriam cantar, conhecer partituras, os símbolos musicais, saber regência, saber diferenciar as vozes: barítonos, baixo, sopranos, contraltos. E, fui dispensado de tudo. Até o professor Ramón, que nunca havia feito uma dispensa, aceitou a minha pela justa causa.

Por fim, mas, não a última tentativa, ao sairmos para atividades extracurriculares, tínhamos que apresentar uma série de música na noite de festa de despedida. Depois de algumas tentativas, o diretor musical me orientou:

–  Você faz assim: “vai cantando em mudo”. Pois, até quando você faz só a melodia, atrapalha os que estão ao seu lado.

Ou seja, eu fingir cantar, movimentava a boca, fazia jeitos e trejeitos, porém, não emitir uma nota. E, a última vez que tentei cantar qualquer tipo de música foi na cidade de Caem, aqui na Bahia, ali próximo da cidade de Jacobina. Nesta ocasião, a igreja desconhecia certa música. Eu, me prontifiquei a fazer uma demonstração cantando a primeira estrofe, e na esperança de os músicos da igreja local, pegar o ritmo e aprender a cantar, porém, recebi o seguinte pedido:

– Adão! Deixa pra lá a música. Você faz a reunião, e nós cantamos as outras músicas que conhecemos, e, é bom, você não insistir a cantar não, para não espantar quem já está aqui.

Foi um amigo quem me pediu isto. E, o que tem tudo isto com as vozes ruins que cantam? É que, eu acho uma tremenda injustiça haver tantas pessoas cantando por ai, sem terem tido alguém para dizer a eles: você até que sabe cantar, mas, sua voz é horrível.

Eu sofro com certas vozes! Mais homens do que mulheres se aventuram na arte dos bardos. Infelizmente se cantam é por que há quem os ouça; eu os ouço, por, as vezes ser obrigados pelos carros de sons, pelos paredões de sons, pela programação das rádios, por pessoas que insistem em espalhar o gosto ruim, pelo que, em minha opinião, não tem valor, não deveria ter ido adiante.

Uma falta de um amigo, um familiar em dissuadir estas pessoas de querer seguir na vida artística musical.

Lamentável.

Tenho alguém próximo, que além de cantar ruim, ter uma voz tão desafinada quanto a minha, ele ainda insiste em tocar violão, e pior, chega a dizer que ele canta melhor, e mais bem cantado as músicas de cantores de sucesso como Daniel, Leonardo, Zezé di Camargo, Roberto Carlos, Djavan, Zé Ramalho, Fagner, Jorge Vercílio, Caetano, Gilberto Gil… estes são alguns que sei, que são maus cantores ante a voz e talento deste senhor.

Também lamentável!

Penso que alguns chegam a regravar as músicas destes ai, acima citados, na certeza de que cantam mais bem e melhor do que os tais, mas, tem a voz tão  linda quanto a voz daquele que pensa ter a voz mais linda da Gália.

obardo

Me reservo o direito de não listar uma só pessoa que penso cantar ruim, além de reconhecer-me como péssimo cantor.

Nem no banheiro canto. No entanto, há milhares de vozes por aqui, ali, lá, acolá que, me pergunto por que Deus foi tão cautelo e zeloso para com quem estava próximos a mim, a ponto, de apontar o meu caminho longe da música, e no entanto, não foi o mesmo para comigo, para me livrar destes cantores do tipo: O bardo das histórias do Albert Uderzo.

 

Anúncios

3 comentários em “Como há vozes ruins cantando!

  1. Atualmente tem muita gente fazendo sucesso e que sem os recursos tecnológicos, canta muito mal. Talvez você pudesse ser produtor musical ou qualquer outra função, já que gosta tanto de música.
    Meu filho é vocalista de uma banda e a voz dele não se parece com nenhum outro vocalista. Quando ele era criança, fazia uns guturais que não combinava com o tamanho dele e quem não entendia da música atual, ficava um pouco perdido.
    Eu tenho formação clássica mas não canto profissionalmente. A carreira que segui não me dá espaço, mas de vez em quando faço algumas apresentaçoes participativas. Venho de uma família de artistas e a minha mãe quando não pode mais viajar, foi trabalhar em um conservatório. Foi lá que tive as minhas primeiras aulas de canto e iniciação musical em alguns instrumentos.
    Acho que não deve se inibir. Conheço muitas pessoas que foram criticadas e que são hoje representantes da música brasileira. Talvez você cante diferente do imposto e precisa de uma afinação. Por não ter vergonha de cantar, mesmo com as críticas, isso é algo para se observar. Você ja foi em uma fonoaudióloga saber sobre o seu potencial?
    Beijus,

    1. Tive bons acompanhantes Luma. Professores de músicas, e até promessa: se aprender a tocar violão, piano, ou qualquer instrumento, você ganha. Imagina o esforço que fiz para ganhar um Gianini e depois de alguns meses, tive que abandonar o projeto, pois, não conseguia nem dedilhar o “don, don, don” mais simples exigido. E, na música, descrevi tudo e todas as experiências musicais ao longo dos 16 anos de tentativas… obrigado pelo incentivo. Por outro lado, uma professora me incentivou a oratória, pois, a mesma voz que não agrada na música, agrada muito em palestras; eu acreditei, e de fato, não faço feio em público. Para falar por 1, 5, 10, 30, 60 minutos.

  2. Adão Braga… que hilário este texto hein? Mas, eu, e outras pessoas podemos sim fazer uma lista de vozes ruins que insistem em cantar as músicas de outros:

    1 – Asas Livres. É uma banda, um jovem, nunca vi em vídeo ou foto, mas, a voz, pensa numa taquara rachada… é ela.
    2 – Silvano Sales é um que até Ivete Sangalo já falou em um show que eu fui em Salvador.
    3 – Tyrone Cigano é outro que anda tocando aqui em Salvador.

    Estes três é minha contribuição para as vozes ruins que anda cantando por ai. E haja gente com gosto duvidoso para se ouvir estas coisas.. e como tem! Acho que do mesmo tanto de vozes ruins.

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s