Comportamento de homens · Geral, amplo e irrestrito · Inteligência e Espirito · Mulheres, Fêmeas, Feminino · Opinitivo e Pessoal

Terminar um namoro: NÃO É FÁCIL! Mas, eu digo como os meus acabaram!


Entre os muitos textos deste blog alguns me surpreendem pela quantidade de comentários que recebem até hoje, muitos dias após terem sido publicados. Um exemplo de texto assim é aquele que fiz comentários sobre a música de Roberto Carlos, e que intitulei: como não terminar um namoro? Curiosamente, quando se procurar esta frase, estou lá no inicio da lista. Neste texto vou listar os motivos pelos quais terminei alguns namoros, e alguns pelos quais terminaram comigo.

Não está sendo lá muito agradável para milhares de mulheres por fim a um relacionamento. Só hoje, no programa Brasil Urgente, em poucos minutos que ouvi o apresentador, pelo menos quatro reportagens foi de mulheres que foram assassinadas, e ou, que receberam agressões e tentativas de homicídios por quererem ou terem encerrado tais fracassos emocionais. Pelo visto, a outra parte discorda e reage de forma desequilibrada. Adiante.

Para terminar um namoro é necessário que ele tenha tido um começo. E se vai terminar o que se começou, é por que, o que foi iniciado com alegria anterior já não está continuando como antes. As vezes, se começa um namoro, tão somente por não se saber dizer: Não! Muitas vezes por não saber evitar, outras, por pensar que não se terá outra maneira de se livrar a não ser iniciando o namoro, e depois querer dizer: eu tentei, mas, não dá! Outro engano. Pode ser muito pior!

Para terminar, nem sempre a sinceridade é suficiente, apesar de eu sempre ter optado por ir direto ao ponto e afirmar categoricamente: Eu não consegui sustentar o sentimento por você. Não sinto desejo de ficar com você! Não sentir sua falta nestes dias todos.

Entre tantas frases usadas uma vez eu disse para uma namorada o seguinte: “Algumas vezes eu procurei algo para me ocupar para não vir a sua casa, então, penso ser melhor não me sentir assim, nem enganar a você, fazendo você pensar que venho aqui com alegria e satisfação!” Apesar de ter me esforçado para não parecer cruel, assim mesmo, eu fui! Afinal é devastador dizer a qualquer pessoa que ela não é suficiente e bastante para despertar sentimentos outros em você. E tive que fazer isto pelo menos duas vezes.

Nunca tive facilidade em terminar os meus namoros. Afinal tive que pensar, elaborar, e quis fazer isto de forma a não ferir ou magoar profundamente a pessoa do lado de lá. Houve dois que me foi complicadíssimo. Em ambos, a dificuldade era justamente o fato, de terem sido elas quem me pedira em namoro. É complicado. Primeiro por que nunca fui, nem nunca houve em mim, resquícios de belezas e atrativos físicos. No entanto, algumas vezes fui pedido em namoro. Alguns dizem que é por que mulher só não casa com sapo por não saber distinguir o macho da fêmea.

Terminar um namoro, um noivado, um casamento, um enrosco, uma paquera… Seja lá o que for relacionado as nossas e às emoções alheias é muito complicado, complexo e doloroso, ao menos, isto será mais intenso e “mais tudo” da outra parte. Em minha opinião se deve evitar frases do tipo: isto está doendo mais em mim. Certamente não é verdade! Afinal, logo mais, sua dor se transformará em alivio em um: UFA! Conseguir dizer tudo e acho que agora terminou!

Se eu tivesse que terminar hoje o namoro com “certas mulheres”, eu diria: “Não existe tempo, dedicação, atenção e condições de eu existir nesta sua agenda de mulher moderna e atarefada, mesmo que você insista em dizer: eu penso em você o tempo todo!” – Afinal, hoje as agendas femininas e masculinas andam tão cheias que não se dá tempo a si mesmo para os relacionamentos, as emoções e os relacionamentos. Talvez, por isto, e vários outros motivos, estamos cada vez menos envolvidos e dispostos a encarar relacionamentos afetivos. E para mim, só pensar em mim o tempo todo, não é bastante, suficiente e capaz de mexer com minhas entranhas.

Terminar um relacionamento é sempre complicado porque, querendo ou não, é um ato egoísta. Egocêntrico! Afinal é baseado em si, baseado no que você sente, ou no que não sente que se decide encerrar um namoro. No outro texto, podem conferir, há muitas pessoas angustiadas. Um grupo por querer terminar. Outros por perceber que a outra parte vai terminar.

Uma das moças que terminou comigo teve que me explicar meses depois os motivos pelos quais terminou comigo. Não poderia ser de outra maneira, ou seja, os motivos delas, não foram diferentes dos motivos pelos quais terminei com as minhas namoradas. Uma delas foi muito franca e me listou seus motivos. Depois de ouví-los. Nunca mais voltei a tocar no assunto.Imagem 031

  1. Você viajou! E eu, não sentia emoção alguma em receber suas cartas, pelo contrário, às vezes, eu respondia por que me sentia na obrigação.
  2. Nestes meses que fiquei longe de você, eu não pensei em você momento algum. Isto é prova suficiente para mim, de que não tem como levar este namoro adiante;
  3. Eu reencontrei um antigo namorado e descobrir que gosto mais dele do que de você. Então, por este amor de minha juventude, preferir terminar com você!
  4. O mais doloroso, foi o termino em que tive que aceitar a decisão dela, apesar de discordar. Ela não conseguia visualizar um futuro feliz entre nós, então, decidiu que não queria arriscar. Eu, não pude, e não quis insistir. Lacerante! Salvador. Campo da Pólvora. 1990. José Augusto. Roberto Carlos. Aguenta Coração. O melhor em minha vida. Bem! Este foi tão intenso que ainda há ventos daquele redemoinho.
  5. Foi só um namoro de férias, meu bem! Nada sério! Eu gostei de você estes dias todos. Você foi encantador. Mas, meu futuro não é com você! – isto mesmo. Levei na cara assim, nestas palavras.
  6. Não temos nada em comum! Eu gosto de Legião Urbana! Você não! Eu estou no colégio por que meus pais querem você por que você escolheu. Eu gosto de você, mas, não para ser meu namorado!
  7. Não vamos estragar uma linda amizade como a nossa!

Motivos para terminar uma das partes sempre têm. Ainda que, tais motivos, da outra parte sejam questionados, duvidados e sempre haverá um pedido, nalguns casos: dê-me uma chance para eu mudar! Eu vou ser diferente. Eu vou melhorar. Eu vou mudar. Eu farei você gostar de mim. Nada disso, as vezes, adianta. Pelo contrário! O efeito é catastrófico. Faz é fortificar a decisão.

Os motivos de uma das partes não serão bem aceito, nem será entendido, compreendido e aceitado da outra. Então, a afirmação final, é que vale para todos: Não existe uma forma fácil, rápida, indolor, sensata, coerente. Não existem palavras bonitas, nem atitudes honradas. Não há dia, nem hora, nem momento adequado. E, ainda aqueles ou aquelas que simplesmente se vão, machucam. Ferem. Dilaceram. São como pessoas desaparecidas! Uma dor permanente.

Não é fácil terminar um namoro!

Anúncios

5 comentários em “Terminar um namoro: NÃO É FÁCIL! Mas, eu digo como os meus acabaram!

  1. Por aqui está tudo ótimo. Você só esqueceu de perguntar sobre a Meg !! E mamãe está maravilhosamente bem….fez 70 anos…e fizemos uma festinha surpresa para ela, afinal, depois de tanta pica ela merecia um UP de alegria e renovação dos laços familiares, de amizade…e ela adorou a nossa surpresa. Depois te mando as fotos !

    Mas é isso o que a Luma falou: Nenhum término acontece do dia para a noite…é um processo gradativo e muitas vezes a olhos vistos – tem gente que não enxerga ou não quer enxergar – mas não acontece de repente.

    Beijos

  2. Adão, ninguém gosta de assumir que sofre por amor! Mais que isso, que levou um pé na bunda! Me desculpe a expressão, mas popularmente é assim que falam, não é mesmo? Não acredito que um namoro termine de uma hora para outra, assim como qualquer relaçao. Temos que ter percepção para notar que as coisas nao estão indo bem. A melhor forma de terminar um namoro é não protelar.

    Como dizia a minha mãe: “Desocupa a vaga” 🙂
    Ser sincero é sempre o melhor caminho e não precisa ficar justificando, pois é certo que enquanto há amor, qualquer pecadinho é perdoado. Já o contrário, também procede. Beijus,

    É isto ai Luma. Seja como for, com qualquer palavra dita, uma das partes ou ambas as partes sofrerão.

  3. Mas é fácil demais começar outro ….
    beijos saudosos

    Você me faz falta minha carioca linda.
    Como é que tá a família? Mommy, Marcos, Manu, Nero … etc
    Beijos saudosos tambémNão guria! Não tenho pretendente na fila!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s