Comportamento de homens · Geral, amplo e irrestrito · Inteligência e Espirito · Mulheres, Fêmeas, Feminino · Reconhecimento · Relacionamentos, casamentos e contratos

A felicidade tem ângulos, tempo, espaço, sentidos, e lados


O relatórios do blog no ano de 2011 pode ser visto aqui: Relatório do Blog em 2011. Então, sigo a recomendação das estatísticas. Vou escrever mais sobre os temas mais procurados, que são: felicidade, amor, sexo, relacionamento, casamento, sucesso, fracassos, mulheres, homens e família.

Para iniciar o assunto de hoje, cito esta frase. É uma frase interessante pois revela a opinião de outrem a meu respeito: “Você tem uma vida bem tranquila e feliz, né?”. Esta frase, talvez, em momentos diferentes foram perguntadas ao longo do ano passado (2011) de forma diferente. Inclusive ocorreram algumas boas e gostosas argumentações sobre este meu posicionamento:

– “não casei para ser feliz, não casei por amor, nem casei por causa do sexo.”

Expandindo esta argumentação, disse nesta última semana de 2011 o seguinte:  “A felicidade tem ângulos, tempo, espaço, sentidos, lados… “ E aqui reside parte do problema em se casar, e ou, entrar num relacionamento com a proposta de se ser feliz. Como diz e repetiu Beth Santana: não se deve jogar nas costas de outrem a responsabilidade de sua felicidade. Se não é assim, esta é a ideia.

A felicidade tem ângulos: Evidente que fiz uma analogia, mas, ampliando o conceito e explicando para se tornar completo. Não esquecendo que os ângulos se formam quando duas retas se conectam. Trazendo para os relacionamentos vejamos: Cada pessoa sendo uma reta, vindo de direção diferente, com culturas, modos, maneiras, regras, conceitos e preceitos diferentes. Anseios diversos. Ideias políticas, religiosas, ideológicas as vezes semelhantes, outras destoantes… até de torcida de times diferentes… e são estas pessoas que se unem.

Se o objetivo delas é encontrar a felicidade na outra, ou esperar que a outra pessoa do lado de lá seja a responsável por provocar nela a FELICIDADE, bem, ai começa os problemas, e a provocação de quebra de relacionamentos.

Eis os tipos de ângulos que podem se formar:

angulos http://www.educared.org/wikiEducared/Imagen:DibujoTecnico_I-1_19.gif.html

Angulo Nulo: Pego por exemplo o ângulo nulo que mede 0° – Você pode pensar que ser um angulo Nulo possa ser um angulo ruim. Porém, sendo nulo, quer dizer que temos duas semi-retas. Ou seja, no plano relacional as duas pessoas estão ali, lado a lado, no mesmo nível, tendo o menor caminho entre elas: uma pequena reta. A felicidade em angulo Nulo permite as pessoas mais proximidades.  Nos demais ângulos você pode pensar de duas maneiras: a) – Pode ser que estejam vindo de pontas contrárias até formarem os referidos ângulos. E assim, quanto maior for o ângulo entre eles, maior é a diferença a ser vencida. b) – Se estão em angulo zero, e vão se distanciando. O que indicaria, neste caso, o afastamento. Sento assim, é só fazer a analise de seu relacionamento e determinar em que tipo de angulo estão agora. Sendo que podem haver apenas pontos de contatos entre vocês (retas por angulos). Seria ótimo, se duas pessoas estivessem vindo em direções diferentes, conceitos diferentes, e chegassem ao grau zero. Mas, nem sempre é assim.

Há também dois ângulos ali que nos animam, que são os ângulos COMPLEMENTARES em que os dois ângulos unem-se um ao outro para formar um angulo maior e ambos, juntos, estabelecem e entregam sua porção e se complementam. E o angulo SUPLEMENTAR. Muitos relacionamentos se mantém com base neste tipo de felicidade: um suplementa a falta ou sustenta o outro e assim vão se suplementando mutuamente. Pode ser que agora o seu ângulo seja COMPLETO!

Não raro ouço: sabe por que acabou Dão? Porque eu não estava me sentindo feliz. E felicidade é  tudo! Em se tratando de felicidade, dois ângulos muito diferente e distantes, é mais complicado e mais complexo de calcular as variáveis e as possibilidades.

A felicidade tem tempo e espaço: Na física tempo e energia são grandezas interligadas e conjugadas. Nos relacionamentos o tempo de dedicação de uma das partes, com o uso incalculável de energias, forças, entusiasmos, dedicação pode ser uma faca de dois gumes. Pode ser uma lâmina perfurante e fatal.

Você deve ter experimentado em seu casamento algo parecido. Em especial as mulheres. Quantas vezes você preparou com carinho algo (uma roupa, o cabelo, um jantar, uma festa,…) e tudo se evaporou no tempo e no espaço. Por outro lado, num determinado tempo, num espaço qualquer, também ocorreram fatos, eventos que fizeram com que você mantivesse as esperanças, e fosse adiante com suas experiências com a expectativa de que tudo seria diferente. É que, nem sempre se consegue repetir no tempo e no espaço certas experiências e desejos. Nem sempre se consegue repetir, mas, é muito importante insistir.

Nas questões de tempo, a percepção é fundamental e completamente variável. Para muitas pessoas a percepção de que dedicou mais tempo do que a outra pode ser crucial. Afinal, algum de nós poderá depois de muitos anos dizer:

– eu dediquei mais tempo neste relacionamento do que você. Eu fiz muito mais neste tempo em que estamos juntos do que você!

Pode parecer ilógico, mas, pode ser verdade! Uma outra frase que envolve tempo e espaço é esta:

Acabei minha juventude e os melhores anos da vida com você

Em uma década de relacionamento, uma das partes pode ter dedicado mais tempo em dedicação, atenção, carinho e não ter recebido o mesmo tempo. Bem como pode acontecer que a outra parte possa ter dedicado menos  tempo, porém, provocado mais boas sensações. A percepção do tempo pode ser relativizado e mesmo assim, dez anos pode ter sentido muito demorado para um, e ser sentido como menos tempo do que o outro. Um amigo me disse certo dia: se você sente que está passando rápido, é por que, para você está bom. O contrário não! Esta percepção é diferente em todos nós.

A felicidade e os sentidos: os nossos sentidos são: audição, olfato, visão, tato e paladar. E nossa felicidade pode ser tocadas ai nestes sentidos. O campo sensorial humano (masculino e feminino) estão ligados e nos proporcionam sensações extraordinárias. Inevitavelmente, que nos relacionamentos, o olfato, a visão, o tato, a audição e o paladar estão todos ligados.

  1. Sentir os cheiros;
  2. Ver e admirar;
  3. Tocar e apalpar;
  4. Ouvir e prestar atenção;
  5. Palatizar e saborear

Você pode imaginar o que quiser da lista acima. E garanto que todos eles estão ligados com nossas sensações de prazer e felicidade. É assim que somos, e não conseguimos viver e experimentar as melhores coisas da vida sem esta experiência sensorial. Então, se falta a você aproveitar este lado de seu relacionamento, aproveite este ano de 2012 e recrie tudo.

A felicidade e os lados: Este talvez seja o mais extenso de todos. A felicidade tem o meu lado de ser; a felicidade tem o seu lado. E na questão dos lados, ai, muito se pode complicar. Afinal, sobre os lados se pode listar:

  • Os dois lados de uma moeda;
  • O lado oculto da força;
  • O lado A e o lado B;
  • O outro lado da rua;
  • O outro lado do rio;
  • Lado oposto;
  • Os lados de um triangulo;
  • Os lados de um quadrado, retângulo, quadriláteros;
  • Os lados de fora, os lados de dentro;
  • etc.

Mas, porém, contudo, todavia e no entanto: não temos a condição de vivermos felizes em todos os lados. Nem tão pouco podemos exigir de outra pessoa que seja capaz de ser a minha completitude em todos os meus lados. Afinal, eu tenho um lado negativo. Eu tenho um lado positivo. Eu tenho um lado nefasto, devasso, santo, profano, bondoso, maquiavélico, amoroso, egoísta,  … são tantos os lados ! Neste caso, devo reconhecer e aceitar que apenas alguns lados, serão contemplados, e em hipótese alguma pode alguém conseguir me fazer feliz em todos os meus lados, pois, afinal, isto é uma questão minha.

É possível, aceitável, compreensivel, imaginável que “você completa a minha felicidade em certos angulos, ocupa tempo, espaços, sentidos e lados!” Mas, não é muito bem explicável como é que isto acontece! Simplesmente acontece!

Se você leu até aqui, parabéns! Você quer, e obteve minha opinião do que é a felicidade no relacionamento. Você pode comparar como é que você está vivendo, como é que está, e se está exigindo demais de seu par. Evidente que ninguém consegue viver e reproduzir na sua vida, a vida e a experiência de outros. Mas, é bem possível que tendo uma visão diferente do que é, e de como se outras pessoas conseguem, e estão sendo e sentindo-se felizes, poder também ser feliz, em especial, que se possa melhorar a vida conjugal. É possível sim ser feliz! É possível ser feliz com a companhia de outra pessoas. É legal e admirável que outras pessoas possam provocar em nós estes sentimentos, estas boas emoções. Não deposite sobre ela a responsabilidade e também a obrigação de fazer você feliz. Se nem você tem conseguido, como é que vais exigir da outra?

A felicidade é ampliada em você por outra pessoa, mas, não é criada em você por outra pessoa. Aprenda e saiba que esta outra pessoa deve completar a sua felicidade em certos angulos, ocupar certos tempos, espaços, seus sentidos e alguns lados, mas, não tudo. Afinal, nem tem como, não é?

Observação final: viver feliz é diferente de viver tranquilo. Me contento com o que tenho, e busco sempre me sentir feliz, realizado, contemplado, regozijado, aquinhoado, porém, a tranquilidade, são outros quinhentos e eu prometo explicar mais noutro dia!

Anúncios

4 comentários em “A felicidade tem ângulos, tempo, espaço, sentidos, e lados

  1. Felicidade no relacionamento… Felicidade ao se relacionar com pessoas….
    Conceitos diversos existem eu gostei de saber dos teus. E também de constar no relatório 2011, jamais imaginei fazer parte das estatísticas.
    Eu sigo lendo, relendo, tentando compreender e muitas vezes internalizando sem comentar.

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s