Ações da alma Humana · Alma e vida feminina · Comportamento de homens · Geral, amplo e irrestrito · Inteligência e Espirito · Opinitivo e Pessoal · Participação, informação, comunicação

Outra interpretação para a lei 8.069


– Alô!

– Alô! Bom dia cidadão! Em que posso servi-lo?

– Primeiro eu quero saber da nova lei sobre os direitos das crianças e dos adolescentes. Ela pode ser resumida como?

– Bem! A lei diz que as crianças e adolescentes tem o direito de “serem educados e cuidados sem o uso de castigos corporais ou de tratamento cruel ou degradante.”

– Me esclareça o que é “tratamento cruel ou degradante”. Eu não tenho dúvidas sobre o que é castigo!

– Cidadão! Tratamento cruel ou degradante é… bem! O senhor vai ter que procurar alguém lá do setor de proteção das crianças e adolescentes, o ECA, para eles explicarem para o senhor sobre isto!

– Tá! Eu faço isto amanhã! Mas me diz uma coisa só!

– Sim! O que o cidadão quer saber mais?

– Eu tô querendo ir à festa da banda do Chiclete com Bananas este fim de semana. O abada é caro. Eu quero ir para a festa e meus pais não querem me dá a grana de comprar o abada e também o dinheiro de eu comer e beber na festa. Isto pode ser considerado como castigo, e tratamento cruel ou degradante? Eu acho que é! E o senhor?

– “Rapaaaaz!” Sei dizer não! É como eu disse pro senhor! Vai lá ao setor que trata da criança e do adolescente!

– Mas, o senhor não acha que…

– Bom dia cidadão!

– tum! tum! tum!

—————————————————————————————————————

Minha opinião sobre a mudança da lei 8.069 modificará muita coisa na nossa comunidade e vai dá muito que falar. Se a intenção era proteger a família, ajudar a sociedade a se livrar de pais violentos… talvez estejam criando mais problemas do que resolvendo! Se até o momento a polícia, a justiça, ECA, e os muitos Conselhos Tutelares espalhados pelo país, bem como as exigências de denuncias por parte dos médicos, das assistêntes sociais não têm ajudado a resolver a situação atual de mortes, maus tratos, violências domésticas, torturas, tratamento degradante contra crianças, mulheres, idosos, cães, gatos.

Não se podem classificar todos os pais de igual modo. Não se podem igualar os que chegam ao limite de usar castigos, com aqueles que chegam ao limite de pôr as mãos da criança no fogo. Não se podem nivelar os pais que dá um beliscão num filho que está fora dos limites sociais aceitáveis, com os pais que arrancam o pedaço da carne do braço do filho em situação semelhante. Etc.

Não é por que há muitos descontrolados que todos devem ser responsabilizados e inclusos na lei como quem falta cuidado, educação e que trata de forma degradante ou cruel. Nem todos agem de forma igual, então, a lei não pode nos igualar de forma semelhante. Uns comportamentos são aceitáveis outras atitudes são crimes.

Como é que eles pensam que com esta lei irá contribuir?

Anúncios

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s