Ações da alma Humana · Assuntos da Alma · Comportamento de homens · Inteligência e Espirito · Opinitivo e Pessoal · Reconhecimento

Deus age! Deus atua! Deus cuida de nós.


Eu confesso que as vezes conhecer muitas ideias, conhecer vários conceitos, ter outras maneiras de ver um evento não é muito bom. Ter maneiras de ver uma cena, interpretar um evento de outras maneiras é, ainda que gostoso, nos traz mais incertezas do que certezas, e isto se dá, por algo muito simples: ter opções. Ter explicações diferentes. Mas, nada se compara ao caminho da fé. Nada é mais enigmático do que a ação de Deus. Nada é mais inexplicável como é o caminho da fé. Nada é mais extraordinário do que não saber como é que os eventos se entrelaçam. Pois bem! Eu me encanto com tudo! Eu vejo a mão de Deus guiando cada pessoa que nEle crê, e também vejo, a mão de Deus agindo, até mesmo por meio daqueles que dizem, não crer em Deus. Não é não crer nas religiões, o que seria algo diferente, é mesmo isto: não creem na existência de Deus.

Eu, ao contrário, vejo Deus agindo por meios diversos. Questiono vários argumentos, como por exemplo: a totalidade do livre arbitrio. Questiono o destino. Questiono a manipulação a eleição divina. Questiono a parcialidade religiosa. Questiono a “fé irracional”, afinal, não é por crer que devemos fugir de certa racionalidade. E penso que a fé, sem uma base doutrinária histórica, lúcida, leva ao radicalismo e ao fanatismo obscuro e que inevitávelmente leva muitas pessoas a agirem de forma descabida e diferente dAquele que o Evangelho apresenta como “manso e humilde de coração”, e que Ele “tem um fardo leve e suave”.

Onde é que vejo a mão de Deus em minha vida? Como é possível ver a ação divina, mesmo em meio a turbulência? Como é possível ver a mão de Deus na história humana, quando se vê tantos crimes bárbaros? Como é possível pensar em um Deus amoroso, compasivo, magnânimo, amável diante de tantas catastrofes, tantas mortes?

Pois bem! Se os eventos ruins servem para provar e alimentar as ideias contrárias a existencia de Deus, os eventos inusitados, os eventos inexeplicáveis, os eventos em que temos algo fora do comum e é algo bom, caridoso, harmonico, do bem, de caridade… evidente são, mesmo pela estranhesa do pensamento: prova de Seu cuidado e atenção, amor e intervenção.

Se é assim, eu digo: Deus cuida de mim e sinto seu amor, das formas mais inusitadas possíveis. No ano passado, uma amiga, Helena, soube que estavamos em meio ao tratamento de nosso filho. E, ela soube, porque, quando eu estava em seu escritório, minha irmã me ligou, e nós conversamos por vários minutos sobre o tratamento. Ela então me disse:

– Mas, Adão! Você passando por este problema em sua família e nunca me procurou para eu poder ajudar vocês?

Até parece que é assim! Até parece que é fácil. Pelo contrário. Na minha lista, PEDIR é uma das atividade mais dificeis de se fazer. Uma outra é RECONHECER QUE SE ERROU. E, pedir PERDÃO.

Esta amiga, passado uns dias, me ligou em tom de urgência. Era um sábado. Corri até o local onde ela marcou. Lá chegando, eu e Kátia, ela nos deu um envelope e disse que ela queria ajudar. E ajuntou com vários clientes de seu escritório para financiar parte das despesas. Isto, eu classifiquei como ação e cuidado de Deus. Um amigo ateu, discordou, porém, eu o desafiei a provar o contrário diante da situação. Afinal, naquela semana, tinhamos que ir para Salvador, permanecer lá por alguns dias, e ainda que os exames tivessem sido feitos e pagos por mim e Kátia, a despesa dos dias na capital ainda não tinhamos. E aquele dinheiro, foi o suficiente para aquele período.

Para ele, apenas ACASO. Para nós, ação divina por agência humana! E ao longo destes anos todos de tratamento, ocorreram outras duas vezes. E, aconteceu, de forma inesperada e inexplicável. Tanto para a pessoa, quanto para nós. Um destes exemplos, foi Ricardo Carneiro, que saiu de sua roça, veio aqui em Irecê e deixou exatamente o valor que Kátia precisava para ir para Salvador. Num dia, que ninguém sabia que era necessário ir. Como explicar a frase dele para nós: eu estava lá na roça e foi como uma voz me dizendo: leve este dinheiro para Kátia AGORA! Eu tinha conseguido fazer e pagar todas as despesas médicas daquela quinzena, mas, faltava-nos 250,00. E ele nos trouxe este dinheiro naquele dia, e nem tomou um gole de água! Só disse: só vim trazer este dinheiro para Kátia e Kaio. É para a viagem. Mas, ele não sabia que iriamos viajar.

Entramos num breve debate sobre o ocorrido. Eu, até quis municia-lo. E disse-lhe: se você argumentasse que eu estava dizendo que Deus é parcial, que Deus faz acepção de pessoas, que Ele agindo desta maneira, me favorecia mais, do que a outros que em situação igual não obtinha o mesmo… eu até ficaria sem argumetação, e sem explicação, mas, talvez, ele não tenha percebido isto, a semelhança de muitos. Fato é que sinto o amor e a proximidade de Deus em minha vida. Sinto seu cuidado e sua atenção voltadas para mim e minha família. Ainda que as vezes, a dor, o sofrimento, e o sentimento de afastamento no sussurrem nos ouvido algumas ideias.

Não tenho como explicar por que outras pessoas não tem o mesmo que eu tenho. Talvez a fé, seja o elemento diferenciador. Talvez encaramos os sofrimento de forma diferente. Que tudo isto seja apenas, os meios, e não o fim. Nem digo que é questão de fé. Não digo que é questão de religião. Nem é questão de amar e dedicar mais tempo à oração. E digo isto, por não saber exatamente o quanto o outro lado dedica em oração. Se ora só. Se ora em segredo. Se ora 3, 4, 10 …1 milhão de vezes mais do que eu. Se a medida de fé dela é maior do que a minha. Sei que é assim que tem nos acontecido. E isto, é para nós um forte alento. É um forte e intenso sentimento de amor divino que nos chega.

E isto acontece sempre Adão? Não! Se acontece sempre em situação complicada, isto não faria com que vocês (nós humanos) vivessemos mais relaxados na certeza da ação divina em situações adversas e impossíveis? Não! Não é assim que funciona! Não é assim que acontece. As vezes, acontece com algo fora de nosso controle, e noutras, vemos a ação divina, num encontro na rua, com alguém que resolve algo para nós. Como por exemplo, outro dia, encontrei com um amigo, e depois de alguns minutos de conversa me disse: ligue para esta pessoa amanhã! Na manhã seguinte, quando liguei, os exames estavam marcados, e eu tive que pagar os custos dos exames. Foi uma grande ajuda.

Todos os eventos provam que Deus age? – Perguntou um destes meus amigos ateus – Então, quando estes eventos não acontecem, é por que Ele não existe?. Eu ri da fraqueza do argumento, pois, se então age, prova a existência. Mas, se age com poucos, é parcial! Age para uns e não para outros. Neste caso, mesmo agindo assim, e se é assim, você não deveria ser ateu, pois, aceitando que Deus age de forma parcial, você, apenas diz que Ele existe, e que é incapaz de alcançar todos da mesma maneira e modo: isto é DEISMO! – Ele riu sem graça por desconhecer a corrente filosófica.

Pois bem, vamos adiante! Para o inicio de Janeiro, estamos em fase de planejamento e ida para outras bandas para continuar o tratamento da atual esplenomegalia (aumento do baço). Acontece que, desde setembro que estamos na labuta por este tratamento. Já fizemos vários exames (sangue, RM do torax, ultrasonografias). Pelo menos 4 consultas ao hematologista em Feira de Santana. Diante da situação, e do conselho médico, resolvemos ir fazer o acompanhamento médico no Espirito Santo. Lá tenho parentes e amigas (Não é Lora ES – A cantora Gospel que mora por lá).

As despesas continuam as de sempre. Vem chegando o Natal. E, ainda que, muitos critiquem, o Natal ainda é uma festa cristã. Os valores cristãos, as mensagens, os significados do nascimento, a história completa do nascimento de Jesus e seus significados estão ai. É só não olhar para o apelo comercial. E, um grupo de amigos, amigas nos presentearam esta semana. O presente nos chegou de surpresa! E, nos pegou, assim: DE SURPRESA! E o que isto significa? Que é assim mesmo! Deus age! Deus atua! Deus cuida de nós. E cuida de todos. De uma forma ou de outra. Eu e Kátia estamos radiantes com o presente. Estamos alegres com a proteção e ajuda. Estamos inebriados com tanto carinho, caridade, amor. Saber que existem outras pessoas orando, agindo, torcendo, e fazendo com que tenhamos alívio, folga, bons momentos, é sem sombra de dúvidas para nós, uma mensagem de NASCIMENTO. Uma mensagem direta: Eu estou agindo! E agindo Eu, quem poderá me deter!

Obrigado a todos vocês, por nos fortalecer as certezas de nossa fé, e reconhecer, na ação de vocês, a energia de Deus. Reconhecer na união de vocês o amor, a caridade, a fé em Deus, e e todos vocês como AGÊNCIAS, MENSAGEIROS dEle em nosso favor. O que você fizeram, foi para nós, tudo isto. Isto é para nós, o que significa Deus agindo por meio de seus mensageiros.

Anúncios

4 comentários em “Deus age! Deus atua! Deus cuida de nós.

  1. Tem um ditado que diz:”Deus dá o frio ,conforme o cobertor”.Outro,”Para filhos especiais,pais especiais”. Eu fico impressionada,com sua serenidade,diante dos problemas,mas, agora sei,agora encontrei a explicação.DEUS age sim em sua vida.Não foi atoa que foram escolhidos, vcs são especiais e não precisa pedir,Deus mostra os meios,tenho fé,que logo,logo,vcs estarão agradecendo a ELE ,por mais uma etapa vencida, e verão, que o cobertor foi bem maior que o frio.Nunca perca a fé,confie,ELE não abandona seus filhos.Ele age de muitas formas.
    Muita luz,muita paz!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s