Ações da alma Humana · Alma e vida feminina · Alma masculina · Comportamento de homens · Geral, amplo e irrestrito · Mulheres, Fêmeas, Feminino · Opinitivo e Pessoal

O sexo como unidade de medida de saúde


A sociedade, este meio em que todos os humanos deveriam estar de alguma forma agregada, é repleta de regras, princípios, normas, preceitos, direitos e deveres. É também verdade que vivemos envoltos a números e meios que nos orientam das mais diferentes formas, maneiras e necessidades. Quando você vai fazer compras, tem várias unidades de medidas envolvidas nesta atividade. A quantidade de dinheiro te possibilita trazer uma certa quantidade de itens. E mesmo estes itens você deve observar, ler e saber diferenciar preços, quantidades, qualidades e medidas.

Não há como viver no mundo atual, moderno, e até mesmo nas mais remotas e primitivas comunidades, sociedades humanas sem estes conceitos, sem estas noções básicas de unidades de medidas, e sem termos um sistema de medidas, aferições. Não é de hoje tal necessidade e solução.

O que as vezes nos pega de surpresa são as unidades de medidas não convencionais que algumas pessoas utilizam para medir o que nem sempre é mensurável assim de forma numérica, com largura, comprimento, altura, volume, quantidade, qualidade etc… E vos dou este exemplo ocorrido nesta sexta-feira 02/09/2011.

Nestes últimos dois meses tivemos que retornar as viagens para a capital para os reexames de rotina em Kaio. Nos dois últimos vieram informações que até o momento tem nos tirado o sossego e a tranqüilidade até recentemente alcançada:

  • Baço alterado;
  • discreta esplenomegalia homogênea;
  • Ausência de líquido livre ou linfonodomegalias no andar superior do abdome

Para algumas pessoas que nos atendem (Setor de saúde e no colégio), ao saber dizem: Só por isto?  Para esta situação, me lembro da frase de uma amiga da IASD e faz alguns anos que ela assim me disse:

Adão, tem algumas pessoas que as dores deles são maiores do que de todas as pessoas, e estas mesmas pessoas acham que as dores alheias nada são!

Imagem 066

Pois bem! Adiante! Ontem ao chegar no setor de marcação de viagens e exames, Kátia foi atendida por uma mulher, e que diante das indagações e reclamações de Kátia, a referida atendente quis medir o quanto estas últimas informações poderiam ter afetado nós todos aqui em casa. Curioso é a informação que ela pediu para medir.

– Deixa eu ver se você tá mesmo com problema. Sobre relação sexual. Você e seu marido fizeram hoje? Eu só acredito que a coisa tá ruim, se com o marido a coisa também tá ruim.. Aposto que nunca faltou nada para ele!

É isto mesmo!

A unidade de medida para esta senhora do setor de saúde do município de Irecê, é a quantidade de relações sexuais que as pessoas que vão ao setor faz.  Sexo é que determina se a família passa por um problema de saúde grave ou não. Se ainda existir vontade. Se existir desejo por parte de algum membro da família e a depender da freqüência sexual o problema não é grave. Não é real. Não é fatual.

Eu continuo a perguntar onde é que se encontram certas pessoas para serem nomeadas, indicadas, empossadas nestes órgãos. Quem as colocam lá eu conheço, e minha contribuição com a situação foi não ter conseguido fazer com que outras pessoas não votassem neles. Mas, tenho certeza, que se fosse o contrário, existiria outra pessoa de qualidade semelhante lá  tratando as pessoas como esta ai nos tratou ontem!

Anúncios

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s