Sem categoria

O corpo, a nudez, e a intimidade!


O que é importante para você? Eu tenho certeza que você não tem uma resposta rápida , satisfatório, curta e única para esta pergunta. Ainda que eu possa citar várias correntes filosóficas, vários filosofo, humanistas, psicanalistas e as mais variadas correntes, o fato é que não se consegue enumerar uma lista, e dentro da lista eleger um item só como sendo o mais importante. Afinal, somos seres divididos em corpo, mente e emoções, ou como sempre digo: corpo, alma e espírito.

Para o corpo temos regras e tabus. Para a alma temos receio de entregar-se a emoções que não podemos controlar, e também que não sabemos lidar, e o espírito, bem! quem é que pode dizer que tem controle racional sobre o corpo e a alma? Fato é, que temos, levando em considerações estes aspectos, muitos elementos a serem eleitos como importante, e ou que disputam dentro de nós: o posto de mais importante!

Tudo é importante e nada tem valor, podem argumentar. O prazer é o que vale. Uma vida sem dor. Uma vida de prazeres e delícias. Uma vida dedicada ao sacrifício. Um voto a Deus. Uma promessa a um santo. Um voto de castidade. Uma vela acesa. Uma promessa de lealdade. O pudor. A riqueza. A busca pela verdade. A justiça. A vingança. A religião. A política. A liberdade. A lealdade. O amor. O rancor. A ira. A violência. Ideologias… […] a lista do que pode ser importante para você pode se estender além das palavras que você conhece para exprimir.

Porém, há um elemento, que eu considero importante e que todos temos, e procuramos sempre preservar, ainda que existam exceções e quem viva diferente e, no entanto amplamente difundido e praticado desde a nossa infância. Uns rotulam de pudor. Há quem pense em vergonha. Timidez. Honra. Brio. Dignidade… estou escrevendo sobre a INTIMIDADE DO CORPO. Desde que me conheço por gente que fui ensinado a preservar o meu corpo. Ocultar partes dele. Em especial a genitália. E, era ofensivo, e ainda o é, exibi-lo. Até crime, se o fizer em público. Ainda que exista a indústria do “nu artístico”, a intimidade do corpo, no geral, no amplo e irrestrito é visto como terreno fechado. Segredo. Um jardim secreto. Um quarto fechado. Uma pérola protegida. Basta pensar, e ver como comportamos quando somos surpreendidos nus ou em trajes íntimos. É instintiva a proteção do corpo.

O corpo, segundo ensino cristão do primeiro século, é um templo sagrado. (“Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” – Paulo I Cor 6:19). Por isto e outras considerações que as igrejas cristãs mais tradicionais exigem e orientam a seus fieis tomarem cuidado com o sexo antes do casamento, que é salutar preservar o corpo para o matrimônio (também considerado sagrado)…

Seguindo estes pensamentos, penso que a INTIMIDADE do corpo, seja ele de  homem, ou de mulher é um lugar sagrado, e isto faz parte da minha lista do que é IMPORTANTE. É algo que cada um deve cuidar e zelar. Proteger e manter. Ocultar e revelar a quem se deseja entregar este tesouro, como presente. Como oferta. Como oferenda de um sentimento da alma, 

Para quem, assim como eu, que separa sentimentos e emoções, corpo e intelecto é algo sublime quando alguém, por amor, por paixão, por carinho, por familiaridade, por tesão, por laços sagrados, ou não, oferece ou permite que a intimidade de suas partes sejam vislumbrada, vista, pode ser encarada, aceita também como uma declaração de amor e carinho..Quando existe uma entrega do recinto sagrado do corpo  é por que existe desejo, tesão, paixão. E, ainda que criticável, as novelas, repetem sempre: tem que ser com alguém que você ame, que valha a pena. Viu ai a expressão: valer a pena. Tem mesmo este significado.  PAGAR algo. Ser penalizado pelo ato realizado.

Em vários casos, quando se faz esta entrega é por que a razão já não consegue impor as leis morais, e as regras éticas, sobre  as emoções e os sentimentos. E isto, esta entrega da intimidade ocorre quando há sentimentos elevados entre as pessoas envolvidas. E quando não há, ai os termos e palavras definidoras de comportamento são outras do tipo: lassidão, luxaria, devassidão, pecado da carne, pornografia, adultério, fornicação … etc.

Se você tem alguém que divide o que há de mais sagrado, puro, elevado com você, valorize este corpo, esta intimidade. Eu reconheço o poder e a extensão deste simbolismo. Entendo e aceito isto como um pote de ouro encontrado no final do arco-íris.

 

Anúncios

2 comentários em “O corpo, a nudez, e a intimidade!

  1. Na Bíblia, no tempo de Moisés havia severas regras quanto a exposição do corpo e também a nudez. Leia que talvez você goste!

  2. Eu estava procurando algum texto sobre a saúde do corpo, e encontrei este texto. Achei maravilhoso. Vou até usar para as meninas no curso. se não for proibido claro! Uma visão maravilhosa sobre a intiimdade. me deu boas ideias! obrigada!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s