Sem categoria

Diferenças e igualdades entre os filhos


No inicio deste ano quando fui visitar meus pais, entre as várias conversas que tive com seu Raulindo, numa delas, sobre educação dos filhos, num determinado momento ele disse o seguinte a mim, como que se estivesse sendo vingado pela atitudes dos netos:

– É pra você ver o tanto de trabalho que você me deu, seu filho de uma puta!

Nunca fui santo. Sempre dei trabalho para meus pais, professores, vizinhos, tios e amigos. Mas, no geral, passei, talvez não incólume das mazelas sóciais de lá, mas, estou já com mais de quarenta sem passagem pela polícia, sem ter usado drogas ilícitas, e apenas usei das licitas álcool por um breve período.

Pois bem, quanto a criação e educação dos filhos, já deve haver pesquisas por ai que diz que os filhos, em hipótese alguma são criados e educados da mesma maneira e modo. E, entre os filhos, eu posso dizer que, meu filho mais velho me tem como exemplo, e tenta a todo custo me superar. Mas, o filho menor, ainda que me admire, ele quer mesmo é ser melhor e tem como exemplo o irmão, não a mim.

Kaio desde muito cedo sempre demonstrou independência e ousadia. Me lembro que ele vivia sobre a mesa e sempre quis mexer no mouse, batia no teclado e queria sempre usar as coisas que eu usava. Certo dia quando cheguei em casa ele correu e me pegou pela mão e me levou para o quarto da bagunça e apontando para uma carcaça velha de computador me disse:

– Consertei!

Katia não sabia o que era. Não viu o que ele havia consertado, mas eu vi. Ele havia colocado um drive de CDROM no gabinete. E o colocou de forma correta. Ele sempre foi assim. Querendo fazer o que me via fazer.

Por outro lado Pedro Henrique é totalmente dependente. Não tem a coragem nem independência de Kaio. Nem mesmo quando eu incentivo e apoio. Ele tem medo e receia perder e recomeçar. Eu até que incentivo a  perder o medo e ser independente, porém, até o momento sem sucesso. Até para usar os recursos da internet, e das coisa de dentro de casa ele age com temor e receio. Se vai ligar a TV pede a mãe. E, mesmo que eu já tenha ensinado a ele a fazer certas coisas, e atividades, ele não vai além.

– Pedro! Tem certas coisas que meu filho não precisa pedir. Vai lá e faz! Se sua mãe achar que tá errado reclama.

– E se ela me dá uns tapas?

– Você já fez? Então! É o risco que se corre!

Mesmo assim ele não faz. Ele tem medo de grilo! Tem medo de barata e de outros insetos. Outro dia, tentando entender o que o faz ter medo de bichinhos assim ele me explicou que tinha medo não do grilo, mas, da boca do grilo, pois, ele leu não sei onde, que grilo come roupa. Logo, se come roupa também pode comer gente!

Mesmo levando-o pela lógica, ele permanece com medo de grilos. E, agora a pouco foi dormir por que, se recusou a consertar o computador dele. Pois, se ele errar no conserto, poderá perder tudo que tem lá.

– Mas Pedro, o computador não tá sendo usado por que você não quer consertar?

– É deixa ele ai! Ele quebrou sozinho!

Se eu entendi a ideia dele, se quebrou sozinho, que se conserte também sozinho!

Anúncios

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s