Ações da alma Humana · Alma masculina · Comportamento de homens · Geral, amplo e irrestrito · Participação, informação, comunicação

Se for, nem adianta rezar: tende piedade de nós!


As vezes eu gostaria de me espantar com as atitudes das pessoas. As vezes eu gostaria de estar completamente errado sobre este mundo. As vezes eu gostaria de que toda a bondade que conhece e recebo fosse, não apenas, pouca, mas generalizada. No entanto, vem a realidade e me acorda de meus devaneios.

Não sou o único a desejar um mundo justo, equilibrado, bom, do bem, amante das atividades prazerosas, das atividades legais, do hábitos morais e do comportamento ético. Não sou o único, nem fui o primeiro. E também sei, que outros, muito maiores do que eu “utupiaram” (esta palavras não existe) sobre a paz mundial, e a harmonia humana na terra.

O que será deste mundo?  As mais dramáticas e assustadoras profecias, das religiões estão corretas acerca de nosso fim? No fim de nossa raça sobre a terra não haverá mesmo amor, fé e esperança entre nós como profetizado por vários antigos profetas? E o destino? Está escrito, e nada podemos fazer para mudar esta triste história, bem ou mal escrita? Não há meios de fugirmos da trágica história humana em que vamos em direção a aniquilação total sem ao menos haver esperança de nos salvarmos de nós mesmos?

As filosofias criam separações. As religiões, ainda que digam pregar a paz, o amor, a esperança, a fé e as demais virtudes são, todas eivadas de ameaças, terror, medo e sobre tudo chantagens emocionais.

Os sistemas politicas, até o momento, nenhum deles tem demonstrado meios e poder de transformar e mudar a nossa trajetória. O ter coisas, o ter dinheiro, o ter poder, o ter influência, o ter por simples prazer de ter também não tem conseguido mudar o rumo de nossa falida humana condição. O capitalismo, o fascismos, o totalitarismo, o marxismo, o socialismo e nenhum outro movimento ismo, ou ista tem conseguido levar nos a trilhar caminho diferente. Parece o ônibus do filme ou aquele navio do segundo filme.

O “SER” está contaminado pelas circunstâncias e como escreveu o antigo profeta:

Mas eu digo: definho, definho, ai de mim! Os pérfidos tratam perfidamente; sim, os pérfidos tratam mui perfidamente.  Terror, cova e laço vêm sobre ti, ó morador da terra.

E será que aquele que fugir da voz do terror cairá na cova, e, se sair da cova, o laço o prenderá; porque as represas do alto se abrem, e tremem os fundamentos da terra.

A terra será de todo quebrantada, ela totalmente se romperá, a terra violentamente se moverá. A terra cambaleará como um bêbado e balanceará como rede de dormir; a sua transgressão pesa sobre ela, ela cairá e jamais se levantará. – Isaias 24:16-21

Eu não tenho boas palavras para nossos dias.  Mas, não só eu. Isto vem assim a centenas de anos. Será que teremos um fim diferente? Será que é verdade que nós escrevemos nossos destinos? E se não? E, se este texto acima for nosso destino não traçado, mas nosso fim, visto lá no passado? Neste caso, foi visto nosso fim e não foi designado um fim, ai é que a situação fica pior. Se for, nem adianta rezar: tende piedade de nós!

Anúncios

Um comentário em “Se for, nem adianta rezar: tende piedade de nós!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s