Ações da alma Humana · Alma e vida feminina · Alma masculina · Assuntos da Alma · Comportamento de homens · Inteligência e Espirito · Mulheres, Fêmeas, Feminino · Reconhecimento · Vidas

Aprender a valorizar o que temos e o que somos


Em matéria de estudos, eu gosto de mitologia, filosofia, teologia, psicologia e uma série de outras matérias voltadas para as ciências humanas. Um amigo, até me chamou certa vez de estudante da natureza humana, e acusou-me de provocar nas pessoas certas reações, tão somente para escrever. Talvez ele esteja certo!

Semana passada estava eu numa clinica e fui até a cozinha pegar um café. Lá estavam várias pessoas, todas mulheres. Na ocasião, e noutras também, sempre provoco as mesmas com palavras e ações tipicamente machistas, e esta foi uma delas. Mas, a resposta que recebi foi uma surpresa. E estranharia de outras mulheres, mas daquela que me respondeu, não foi. Eis o que aconteceu.

Ao chegar na cozinha olhando tantas mulheres juntas, provoquei da seguinte maneira:

– Pega café pra mim! – Ela simplesmente disse – Sim, senhor! Só me espera um minuto.

Em seguida, eu afirmei: Que mulher boa! – Com o elogio para elogiar a bondade, sem nenhum trocadilho. Ao sair da sala ela atravessou um curto corredor, e do outro lado ouvi-a dizer:

– LITERALMENTE!

Do lado de cá eu retruquei:

– Eu ouvi!

Ela soltou uma gargalhada e indagou:

– Ouviu o que Adão?

– Ouvi você dizer: LITERALMENTE!

– Mentiiiiira! Eu só pensei! Como é que você ouviu o que pensei!

– Você não só pensou! Você falou, e falou alto.

Nesta semana, conversei com ela sobre o episódio, e elogiei-lhe a coragem de se assumir como mulher, como “boa” – No sentido mesmo do peão de obra – de manter sua auto estima em alta. E aqui entra o comentário de uma amiga:

Enquanto a mulher precisar usar um absorvente, ser responsável “pela” gestação, criação, educação das futuras gerações e não puder consertar a calcinha livremente no meio da rua – que fica entrando e incomodando – jamais será definitivamente uma mulher livre. – Comentário de Beth

O comportamento desta colega, já demonstra um pouco de liberdade, de se assumir como mulher no ambiente, de saber que pode agir e reagir como se pode, e se quer agir. Não só as mulheres necessitam assim agir. Nós todos como seres de uma comunidade, de uma sociedade, precisamos aprender a valorizar o que temos, e o que somos, sem invadir o direito do outro também de sê-ló, sem criticar, sem achar estranho que haja este egocentrismo nalguns momentos.

Uma pena que não temos ainda a cultura de assumir-se, sem preocupar-se com a falsa modéstia que culturalmente somos obrigados a não assumir o que somos.

Em muitos momentos, eu gostaria de assumir outro comportamento, de dizer, sem medo: EU SOU O MÁXIMO, “I AM THE BEST!”. Ter a coragem que Jesus tinha ao assumir: EGO EIMI, ou seja, EU SOU. Ele assim afirmou mesmo correndo o risco de ser apedrejado, pois, mal entendido Ele foi! Clique aqui e veja uma pesquisa.

Anúncios

3 comentários em “Aprender a valorizar o que temos e o que somos

  1. Na minha opinão ela foi apenas uma pessoa educada ao lhe atender. Não vi nada demais.
    E não é bom encontrarmos pessoas educadas e leves no nosso caminho? Sejam elas homens ou mulheres, isso só nos faz bem.

    Palmas para ela. Mas com certeza ela não conserta sua calcinha no meio da rua e, provalmente, deve reclamar toda vez que fica menstruada.

    Beijos Adão…

  2. Pois é, isso até tem a ver com o que falei outro dia sobre minha amiga que quer ser gostosa sim. Qual o problema de assumir essa característica, como se ela fosse diminuir as outras? Acho que sei, é que, infelizmente, as outras pessoas ainda olham só para essas características e desvalorizam as outras.

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s