Ações da alma Humana · Alma e vida feminina · Alma masculina · Opinitivo e Pessoal · Reconhecimento · Relacionamentos, casamentos e contratos

Somos três crianças


O dia da criança de hoje é diferente daqueles dias que eu fui criança. Hoje criança tem direitos, e não só isto, muitos pais os respeita, apesar de outros muitos não.

No tempo de minha infância eu tinha parcos direitos, e se os faltassem, não tinha o direito de reclamar, pois, era dever, e era exigido que eu, mesmo sendo criança, dentro da situação saber porque meu direito não foi devidamente cumprido, respeitado.

– Você não tá vendo que o mar não tá pra peixe menino? Aonde este menino anda com a cabeça?

Não foi por isto que cresci revoltado, traumatizado, violento, reclamão, descontente. De fato, ter sido inserido no contexto social familiar a ponto de ver a realidade muito me ajudou a entender, em alguns momentos a situação de meus pais.

Aqui em casa há duas crianças, mas, Kátia insiste em dizer que SOMOS EM TRÊS.

– Adão, se comporta como se fosse criança. Ele quer discutir e debater com Pedro e com Kaio como se ele tivesse a mesma idade! – Reclama sempre"!

O que me incomoda, nem é isto. É que as vezes, me pego exigindo deles, equilibrio emocional, espiritual e racional que ainda lhes faltam. Isto me incomoda.

– Poxa! Eles são apenas crianças! – Concluo em meus pensamentos.

Neste dia das crianças não pudemos comprar-lhe presentes. As tia compraram e estão distribuindo entre eles. É diferente. Não é a mesma coisa de receber de painho e mainha!

Os filhos que Kátia me deu, me emociona com certas atitudes, e não é apenas uma ou outra, já várias vezes já fizeram isto. A mais recente foi a de Pedro Henrique.

– Mainha, dia 14 é meu aniversário não é? Dia 12 é dia das crianças, não é? A senhora pega o dinheiro que ia comprar o presente do dia das crianças, e pega o dinheiro que ia fazer a festa de meu aniversário, e coloca as janelas na casa, porque, já tá pra começar a chover e vai molhar tudo de novo!

Era esta atitude que meus pais queriam que eu tivesse. É a atitude que muitos pais querem que seus filhos tenham, no entanto, não os deixam entrar na cãmara sigilosa dos pais para poder acompanhar o dia-a-dia deles, e saber se a situação tá ou não pra peixe.

Neste dia das crianças nós iremos jogar WAR, video-game e brigar muito entre nós, porque nós três vivemos como crianças: brincando, brigando e voltando a brincar e a brigar.

Kátia tá certa: somos três crianças. Isto deve incomodar. As mulheres depois de adultas, não querem e ou não conseguem mais ser crinças, só sabem ser mães, esposas e mulher!

Anúncios

6 comentários em “Somos três crianças

  1. Como eu nunca tive muitos privilegios de crianças…eu nem me lembro de dia de criança.
    Tlavez por isso eu ainda sou uma criançona destrambelhada.
    Tipo, voce nasce criança, fica adulto e depois envelhece..
    Mas, se uma parte de sua vida é tirada por força da vida, logo…é como se faltasse ali.
    Iara nao gosta de video-game, quer dizer, nao sei jogar nada, então iara entende como ‘nao gostar’;
    nao sei brincar de boneca, quando eu era pequena eu as guardava, pra nunca acabar.

  2. As crianças revoltosas são aquelas que os pais passam a mão na cabeça para não ‘traumatizar’ o menino. Não sei que psicologia é essa que protege dos problemas, ao invés de ajudar a criança a amadurecer emocionalmente. Enfim, podemos não dar tudo de material que gostaríamos de dar, mas no quesito amor, atenção e carinho, nota 10!

    Adão, aquele texto que indicou leitura, indiquei para um amigo porque acontece simplesmente o mesmo com ele. Os amigos se envergonham de não serem capazes de dar definição de suas vidas e passa a evitá-lo.

    Você tem muita sensibilidade com as questões humanas, sabia? Lógico que sabe!! 😀 Beijus,

  3. Adão, bem emocionante o teu depoimento.

    Meus filhos que não são mais crianças (na idade), tem muita noção das coisas, isso é muito bom. Quanto ao presente, brincar com os seus filhos é um presente e tanto e eles com certeza não vão esquecer disso…
    Não é verdade que a mulheres não sabem ser crianças, mas quando só tem crianças , tem que ter um adulto para tomar conta. Não é verdade?

  4. Adão,
    Nossos filhos tem certas atitudes que nos emocionam! Aqui em casa mesma coisa! O Lucas, por vezes me supreende assim: “mãe, eu queria esse brinquedo de R$ 100,00 no dia das crianças, mas sei que estamos economizando… Pode me dar um de R$ 10,00?” Fiquei feliz sabe? Sinal que ele nota os esforços que fazemos para ele ter tudo o que quer. Mas ele compreende que as vezes precisamos apertar o “cinto”kkkkk
    Abraços e feliz dia das crianças atrasado para todos!

  5. Eu ganhei uma Barbie de presente do benhê. 🙂 Poxa…eu nunca tive Barbies quando criança, só Susi, as meu irmão com raiva da minha Susi decapitou-a. Fiquei duas semanas seguidas falando sobre a Barbie…:)
    Mas meu lado criança chega ao extremo da bizarrice quando furto, no dia de S. Cosme e Damião, de todos os saquinhos de doce das crianças que me rodeiam – cocozinho de rato e doce de abobora. Meus olhos brilham quando vejo saquinhos de doce de São Cosme e Damião. Pôxa…mas mamãe nunca deixou eu sair correndo atrás de doce quando criança..é trauma…vc me entende neh Adão?? hahahahaha

    Feliz Dia das Crianças para vocês….!!! divirtam-se !!!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s