Ações da alma Humana · Alma e vida feminina · Alma masculina · Comportamento de homens · Reconhecimento · Vidas

fazer a mentira parecer-se verdadeira


Mudei o canal para a TV Senado porque li a chamada no site do Estadão. A chamada dizia que Lina Vieira estava sendo interrogada na CCJ. E, cheguei no instante em que o Aloizio Mercadante começou a falar.

Que estupidez com o genero feminino!

Este senhor agiu contra a Lina Vieira como um leão, ou quem sabe, certos gorilas exigem de suas fêmeas. Foi desrespeitoso, e tentou impor sobre a Lina, não pela argumentação, mas, tentou impor-se pelo genero, como se, sendo ele politico e homem, fosse superior a Servidora de Carreira e Mulher. Vergonhoso e estupido!

A sensação que tive no instante, foi que ele estava agindo como um algoz, como se fosse um interrogador de um sistema opressor, como representante de um sistema de repressão, autoritário e ditador. Agiu como que gritando: “Ou você desmente o que disse ser verdadeiro ou então vai ficar pior para você.”

Não colou! A Lina como servidoras, e como mulher agiu com serenidade.

– Eu não falei com ninguém. … o senhor vai ter que perguntar aos jornalistas … mas, a  ministra me pediu para agilizar a investigação!

Assim respondeu à acusação deste senhor, que recebeu votos suficientes para ser Senador. Outra lamentação!

Não lembro dele ter sido ou de ter agido de forma semelhante, quando recebeu a ordem para não ir contra Sarney. Ser forte contra os fracos é uma coisa, ser forte no meio dos fortes é diferente, não é senhor Aloizio? Diante do seu chefe, é: Sim Senhor! Não senhor! Entretanto, quer ser leão sobre as ovelhas.

Por fim, ele disse que a Lina estava prevaricando, ou melhor, havia PREVARICADO.

Eu me lembro quando aprendi o significado desta palavra. E me lembro aonde li esta palavra a primeira vez. Li-a e aprendi-a lendo a Bíblia. E o texto assim diz:

Josué 7.1   E prevaricaram os filhos de Israel no anátema; porque Acã, filho de Carmi, filho de Zabdi, filho de Zerá, da tribo de Judá, tomou do anátema, e a ira do SENHOR se acendeu contra os filhos de Israel.”

Prevaricar é esconder, é ocultar, é omitir informações para dificultar uma investigação… para os servidores públicos, PREVARICAR “consiste em retardar ou deixar de praticar, indebitamente, ato de ofício, ou em praticá-lo contra disposição legal expressa, para satisfação de interesse ou sentimento pessoal. “

E se Lina assim o fez, quem ficará em pior situação é a outra mulher envolvida na questão, a Dilma.

Se a Lina prevaricou, é fato que a Dilma de fato pediu o que agora nega. Mas, o que me incomodou foi mesmo a atitude truculenta, desaforada. No entretanto, a tentativa de intimidar Lina pela força do genero, pela força do grito, não surtiu efeito.

Lamentável tal atitude do Aloizio. Me senti constrangido pela maneira como se dirigiu à senhora Lina. Talvez o Aloizio se esqueceu ou não sabia, que o ESPOSO de Lina estava presente, e talvez por isto, justifique a tranquilidade da senhora Lina Vieira, isso, se fosse o caso, mas não é!

A tranquilidade dela é típica de quem fala a verdade, apesar, de que, neste pais, em certos aspectos, em especial, a politica, se dá bem e quem triunfa, não é quem fala a verdade, mas quem sabe fazer a mentira parecer-se verdadeiras.

Anúncios

10 comentários em “fazer a mentira parecer-se verdadeira

  1. Já comentei esse post no teu outro espaço.

    Mas sempre fico com o desconfiômetro ligado nesses escandâlos e suposições em tempos de corrida eleitoral. Mais uma vez lembro que o marido de Lina foi Ministro da Integração do Governo Fernando Henrique. Que, as denuncias contra Sarney e o do Virgilio foram arquivadas. Que, ninguém explica como ficou o caso dos 30 milhões de prejuizo que o Senado teve e que foram desviado pelo senador do DEM num processo licitatório. Que, 10 senadores do DEM e PSDB estão sob processo no STF – com foro previlegiado. Enfim….é uma coisa em cima de outra coisa que me recordei de uma máxima CSI: “quem fala meias verdades, na verdade, só fala mentiras absolutas”.

    E… Mercadante, sempre conhecido por sua arrogância, continua com aquele bigode maravilhoso. Ui …

    Dá um UP no texto neguinho….

    beijocas no coração
    tb sinto saudades de você…mas prometo que a cada cabular de aula ou madrugada perdida em estudos, apareço por aqui, ali, acolá…você é meu suquinho de mangaba.

  2. Bom…tb não vi a cena…mas pelo teu relato acho q consegui imaginar bem direitinho…

    Sabe…apesar de tudo, eu “gosto” de ver esses escandalos, é sinal de que alguma coisa esta mudando, de que alguem esta abrindo a boca…isso é uma mudança ha longo prazo…mas já da uma esperança!

    Beijinhs

  3. Eu também não vi “a cena”…gostaria de tê-la visto para poder comentar melhor.
    Mas concordo que talvez a “atitude desaforada” tenha mais a ver com a “superioridade hierárquica” e com a defesa de feudos (no caso, o petista) e não tanto com a questão dos gêneros (masculino e feminino) em si.

    Abraço!

  4. Confesso.

    Já saracoteei bandeiras petistas em minha tenra, ideológica e iludida adolescência.

    Hoje assisto a essa tragicomédia diária que é nossa política e… admito… não sei se choro ou gargalho.

    Estou ensaiando o meu retorno ao meu Blogue.

    Apareça por lá.

  5. Adão,

    Mas te pergunto… O Senador teoricamente não é superior a funcionária de carreira? É sim! Veja bem, eles são eleitos e tem forum privilegiado e infelizmente não damos esse poder para os senhores se sentirem não só o rei da cocada, mas de todas as cocadas… Por exemplo aqui no Sul se discute se um Juíz Federal tem competência para julgar uma governadora que deu de mão no nosso dinheiro.Se tem competência? Claro que tem! Quem eles pensam em colocar para julgar? Seus colegas políticos? Abrir uma CPI? É lamentável o sistema político que temos!
    Nem pensei na questão de gênero no caso de Lina e Mercadante e sim principalmente pensei: Que ética tem Mercadante para questionar Lina? Que ética tem algum político ali para falar com ela?

    Abraço

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s