Alma e vida feminina · Alma masculina · Blogagem Coletiva · Inteligência e Espirito · Participação, informação, comunicação

Blogagem Coletiva: “Em defesa da Infância” 2009


Dias 18 e 25 de maio

erotizacao

A última geração de criança feliz, besta e inocente nasceu em 07 de julho!

Com esta frase, sempre afirmo que tive uma infância legal, bonita, feliz, alegre, e aproveitei cada instante que me foi concedido.

Os tempos são outros. Depois que elencaram certos conceitos e certas idéias na educação, a coisa ficou ruim. Muitas mães e muitos pais, não sabem mesmo orientar as crianças. Muitas famílias são desestruturadas emocionalmente, e para tais já existem as leis, os estatutos que protegem as crianças destes inaptos.

Porém, há muitos males ocultos em muitas boas famílias, que aparentemente seguem a lei. E digo isto baseado nalguns exemplos.

1 – Há pais que acham bonitinho a erotização;

Por volta de 1997 e 1998 uma amiga ficou chateada comigo e com Kátia quando discordamos da idéia de que nossos filhos fossem namorados. Segundo ela, era uma coisa inocente e pura;

No sábado pela manhã na igreja, lá estava a filhinha com seu novo namoradinho, entrando na igreja de mãos dadas. Porém, mais tarde teve que sair correndo para os fundos da igreja, porque o casalzinho estavam aos beijos e abraços.

– Que isso minha filha?

– Estou namorando mamãe igual na novela!

2 – Há pais e outros familiares que ensinam a erotização.

Eu sou chato, segundo a opinião de muitos, mas isto não me incomoda se sou assim rotulado por manter minhas idéias e vontades. Há por aqui, na família, dois homens que ensinam as crianças do sexo masculino a erotização banal.

– Olha que gostosona filho! Veja a bunda dela? uuuuHHH

– uuhhhh! É mesmo pai!

Já um tio dos meninos, sempre repete:

– Olha que mais que gostosona!

Vivem repetindo tais palavras, e ensinam a erotização precoce em mentes não preparadas para o erotismo.

Houve ainda uma vez que vi o pai acima mencionado, baixar a roupa do filho e apalpar o filho para provocar a ereção infantil, e assim, criar um vínculo sexual, quando até certa idade, não haveria ainda tal relação de idéias e sentimentos.

Em defesa da Infância, deveriamos também tratar destes pais e famíliares. Alguns impregnados de idéias machistas em que pensam e querem que crianças demonstrem reações sexuais.

Não é mais apenas o ensino do futebol, do gosto por atividades, conceituamente masculinizadas, estão também erotizando cada vez mais cedo os meninos-crianças com intenções diversas. Segundo alguns,

– É pra não ser bicha quando crescer!

E desde quando erotização precoce define a sexualidade futura? A erotização, ao contrário desta idéia, faz com que crianças possam ser abusadas, isto porque, uma vez fazendo parte de sua rotina, ela não entenderá, e reclamará do que lhe é normal.

Pais que ensinam seus filhos meninos a se portarem como pequenos adultos com suas palavras, atitudes, desejos bem como mães que vestem e usam maquiagens, e outros apetrechos em  filhas como pequenas mulheres, estão contribuindos para a banalização e  afetadam o desenvolvimento afetivo, emocional e sexual destes pequenos seres. Tem atropelado a vida  destes pequneninos, transformando-os  em miniadultos, porém, sem os meios de defenderem-se dos adultos.

Leia mais:

Blogagem coletiva proposta pelo Blog DIGA NÃO A EROTIZAÇÃO INFANTIL.

Anúncios

9 comentários em “Blogagem Coletiva: “Em defesa da Infância” 2009

  1. OOOO..novo lay em Adao….parabens mesmo..

    olha fala nisso é muito dificil esse tipod e coisa o Brasil e fora…deviam preocupar mais…tmb abrir mais portas para o mesmo..pois com com mais serviço diminuira ….

    abraçao

  2. A erotização infantil não é bonita, mas você tem razão e tem pais que acham isso. O que a infância precisa é de proteção e de liberdade para brincar, se divertir, o que é uma preparação para a barra que irá enfrentar quando adulta.

  3. Adão, só tive filhos(sexo masculino), foram crianças, um deles já bem grande ainda brincava de carrinho, não namoraram muito cedo…. há tempo para tudo…sempre olhei com e quem estavam andando, isso é muito importante.
    Não tive uma menina… mas não suporto mães que vestem e tratam suas crianças como mulheres , erotizando as garotas… Muitos abusos ocorrem por conta disso…chama a atenção.

    Muito triste.

  4. Adão,
    Erotização infantil é coisa de doido mesmo. Tem mãe que adora vestir sua filha como uma moça. A criança fica parecendo uma anã. Criança se veste como criança e age como criança.
    Parabéns pela escolha do tema.
    Bjos!

  5. Adão,
    eu odeio esse tipo de atitude, é uma agressão.
    Vejo pessoas que tem essas atitudes como pedofilos em potencial, quando tinha uns 10 anos um amigo da familia fez um comentario do qual eu nunca esqueci, de que eu ja estava uma mocinha, os peitinhos estavam crescendo, nunca mais consegui olhar para cara de tal sujeito, tinha medo dele so por conta desse comentario, cresci e passei a odia-lo, há alguns meses foi acusado por uma criança de 4 anos de abuso sexual.
    Se a pratica desse tipo de comentario, ou o estimulo a erotização precoce fizesse parte da educação que recebi, com certeza eu teria sido a vitima.
    Ainda lembro do sermão que ouvi quando minha mãe leu uma cartinha de amor que escrevi aos 12 anos para um menino de 13, tive explicar o que era amor, e o que eu queria dizer com a frase “quero ser tua para sempre”, logico depois ela me explicou o que significa realmente e os outros significados que existem para a frase.

    Acertou em cheio em seu texto, o combate a pedofilia começa em casa, com educação de qualidade.

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s