Ações da alma Humana · Assuntos da Alma · Comportamento de homens · Relacionamentos, casamentos e contratos

Vampiros


Há elementos em nossas mentes que sempre que chegam ao nível superior das lembranças, temos, de imediato uma idéia formada sobre tais idéias. Quando se ler a palavra VAMPIRO, temos em mente, algo tenebroso, vil, medonho, e também funesto, angustioso, danoso, prejudicial e nocivo.

A tendência é mesmo esta, ou seja, é pensarmos em vampiros, tão somente nos seres mitológicos, e em especial, estes seres que saem ao escurecer de seu recinto em busca de sangue fresco, puro e energizante.

Os vampiros tem esta característica e eles estão entre nós. Não há caçadores de vampiros, tal qual o Blade. Não há água bentas que os afastem. Não são afastados com alhos. Não tem medo da cruz. Muitos deles estão justamente nos lugares que reconhecemos como sagrados.

A lenda dos vampiros servem tão somente para amedrontar?  Será que não foi um ensinamento com a pretensão de orientar e guiar a conduta correta para que não se caia nos domínios dos vampirescos que nos rodeiam?

Quem de nós estamos livres destes sugadores de nosso sangue, de nossas energias, de nossas habilidades? Eu vejo os vampiros à minha volta, e confesso abestalhado que muitas vezes fico impotente ante ao seu ato.

São estas pessoas que estão sempre por perto, tirando um taco aqui, um pedacinho ali, um chorinho acolá, enquanto vão nos anestesiando e extraindo-nos os meios que tão duramente conquistamos. Eles fingem serem fracos e necessitados. Camuflam suas intenções e necessidades, enquanto vão nos sugando e extraindo o que eles querem, e que nos fazem falta. Em pouco tempo, estão fortes, belos, robustos e vai em busca novo sangue, nova vítima.

Não existe situação pior do que ser sugado, ser roubado de tal maneira. E, tais vampiros não nos rouba apenas os bens, rouba-nos as forças, as energias, a fé, a esperança. E, tais sugadores, acabam extraindo-nos a confiança em dias melhores, em um mundo diferente.

Existem, o vampiros, e existem o lobisomem, e eles estão entre nós.

Anúncios

9 comentários em “Vampiros

  1. voce tem uma ideia errada dos vampiros. apesar de eles sim gostarem de sangue humano fesco, a mitologia tb registra q eles podem muito bem sugar sangue de outros seres vivos.como sere humanos existem vampiros de boa e ma indole.

    Você teve uma idéia errada do que leu aqui! Não foi minha ideia discorrer sobre os vampiros na linha de seu comentário.

  2. Cara.
    Eu tive um amigo que me confessou uma vez que gostava de estar perto de gente tensa ou de presenciar discussões acaloradas. Ele se sentia bem com a raiva alheia.

    Esse cidadão pode ser definido como um “vampiro emocional”… exatamente como você relatou no seu texto. Esse elemento é só um exemplo desses sugadores.

    A gente convive com eles no trabalho e até mesmo na familia. O trabalho da gente é só o de “fechar o corpo”… e seguir em frente sem medo de ser feliz.

    E tentar seguir

  3. Adão, adorei teu texto! Como tu… Acredito nessas criaturas, quem nunca topou com um vampiro ou lobisomem por aí? É só prestar a atenção nas pessoas.
    Me lembrou um texto de Marta Medeiros sobre vampiros, muito bom por sinal!
    Abraços

  4. Quando mais importância damos aos “vampiros” que nos cercam, mais eles se alimentarão de nossa energia, do sangue que corre em nossas veias. E, faz tempo que não dou importancia para gente assim. A própria vida me ensinou que é o meu brilho, a minha força interior, o amor incondicional que me rodeia, que vai matá-los engasgados em seus próprios vômitos de sangue. Eu jamais vou me limitar por causa de gente que tende, em breve, a desaparecer.

    Jullie, do Poeiras ao Vento, escreveu ano passado, um texto maravilhoso em resposta aos vampiros que questionavam seu modo de vida, de ser. O texto é “Eu Sou o Que Escrevo”. Uma resposta perfeita a insignificância dessas pessoas em nossas vidas.

    Não é fácil evitar pessoas assim, carregadas, pesadas, mal amadas, infelizes…mas, temos que saber que da mesma forma que elas chegam, rapidamente vão embora e logo serão esquecidas.

    Dê menos importância aos Ebós Mal Despachados…e dê mais importância à você.

    Beijos queridão…

    1. se me provar que existe vampiro eu acredito.
      como o filme crepusculo. este é un desafio… me achd e prove.
      élita do brasil estado de sao paulo enterior.

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s