Ações da alma Humana · Comportamento de homens · Mulheres, Fêmeas, Feminino · Relacionamentos, casamentos e contratos · Vidas

vidas normais e virtuais, virtuais e normais.


Esta eu ouvi na quinta-feira, quando recebi meu presente de Natal:

Se um dia meu marido arranjar uma amante, que seja uma mulher destas da internet que ele só fala, escreve e a vê pelo monitor do computador.

Esta tem mais tempo:

Há sete anos não faço sexo com minha esposa. Arranjei uma namorada na internet. Sou um cara muito azarado. Quando fui conhecê-la, ela aproveitou para terminar o namoro que até agora era virtual, porque ela havia se transformado, e agora era uma serva de Jeová.

A vida não é virtual. A vida é a vida. Se você tem amizades na web, não é uma amizade virtual, é uma amizade. O amor, a gratidão, a preocupação que tenho com meus amigos, independe do meio. São meus amigos. Inclusive os mesmos tipos de situações que vivo com uns no meio físico, tem se repetido no meio virtual.

Isto apenas reforça a minha idéia de que a vida virtual é tão normal, quanto a vida normal pode ser virtual.

Anúncios

8 comentários em “vidas normais e virtuais, virtuais e normais.

  1. Ainda bem que existem mais pessoas pensando assim. Daqui a uns anos, quem sabe, todos aceitem que internet é só uma forma a mais de se conhecer pessoas e não um jeito diferente ou estranho.

    Tive uma amiga que dizia que ia abrir um bar chamado Internet para que ninguém mais estranhasse quando dissessem que conheceu uma pessoa na Internet.

    Abr

    É verdade! E sua amiga tá certa! Uma boa sacada comercial

  2. Oi meu amigo querido!
    Concordo demais com você. “A vida não é virtual. A vida é a vida.”

    Vivo e já vivi experiências suficientes com pessoas da net, pra tbm concordar: independe do meio.
    Sei que ainda não tive muita oportunidade de falar sobre, ou lembrança de falar na hora que tive oportunidade com vc, mas tá ai um assunto que sempre quis saber sua opinião tbm.

    Sei que pra alguns, pode parecer meio maluco mas eu vivo uma experiência hoje de estar completamente envolvida com uma pessoa da net… que nunca vi, nunca senti cheiro, gosto, nada. E não é qualquer experiência. E muito menos uma brincadeira pra mim. (Parte realmente importante, que é como cada um ver.) Pra mim é tão real quanto qualquer outra situação.

    E eu levo bastante á sério, porque, por mais que um monitor tenha sempre que está entre a gente, são sentimentos que nos interliga.

    Um grande beijo da sua amiga aqui.
    Queria poder lhe ver mais.
    Adoro você de verdade.

    Fica bem.

  3. “Eu amo cada amigo virtual, não pelo são, por que na realidade, não sei quem são, como vivem, mas os amo pelo que sentem e pelo respeito que tem ao que sinto.
    Sinto falta de cada um deles, não tanto, mas quase que na mesma proporção dos meus amigos reais.
    Meus amigos reais as vezes me escondem sentimentos, mas os amo pelo simples fato de existirem e estarem sempre ao meu lado.
    Meus amigos virtuais pouco me escondem sobre ideias e ponto de vista, assim por certas vezes conheço muito mais dos seus sentimentos.
    O virtual é um mundo abstrato que me fascina, um abstrato que vem e vai para uma “realidade que não conheço”.”

    Techo de um post que escrevi sobre amizade virtual.

    Sete anos sem sexo por conta de uma amante virtual???
    É maluco.
    Prefere ser traida por uma mulher virtual???
    A auto estima dela ta na sola do pé.
    Podiam casar, par perfeito.

    Beijinhos

    A vida tem dessas coisas!

  4. Em parte, concordo. As vezes mantemos laços de amizades com pessoas virtuais … Mas creio que para ser amigo mesmo precisa se conhecer a pessoa melhor, mas isso depende de cada um! Abraços Adão, bom domingo ! 🙂

    A vida é mesmo assim! Temos que aceitar, concordar e não concordar. Você faz parte da vida de quantas pessoas virtuais? E reais?

  5. Em relação as relações amorosas, preferiria mil vezes correr o risco de uma traição real, carnal, de cheiros e suores e separação do que vê-lo prostrado diante de um computador se masturbando ou tendo peripaques por causa dos meus “amigos” virtuais. Beijos…e mais uma vez uma linda semana para ti !!!! Por aqui o cansaço mental e fisico prevalecem nesse findar de ano.

    Isto é normal. Isto também é anormal para alguns!

  6. Discordo. A normalidade nesse caso depende do tempo em que se disponibiliza para viver o mundo real e o virtual.
    Apesar de ter vinculos com alguns “virtuais”, ainda assim, preferiria dar-lhes um abraço apertado e sentir seus cheiros e conversar com eles olho a olho…e isso somente o mundo real poderá me proporcionar e não há uma webcam ou um DDD que pague essa troca de energia quando dois corpos se encontram e se sentem.

    Beijos no seu coração e uma linda semana

    Pedido negado. O que é normal e anormal? A vida virtual é normal para muitos e anormal para outros, e vice-versa. Mas, foi-lhe garantido o direito de defesa.

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s