Assuntos Aleatórios

Blogagem Coletiva: Dignidade e Justiça para todos nós!


“Justiça para todos nós”

Parto do principio de que se existe um lei exigindo tal comportamento, é porque somos tendenciosos, ou na melhor das hipoteses, existem aqueles que agem ao contrário. Partindo desta premissa, se o sexagenária Declaração do Direitos Humanos, diz:

Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade.

Isto é questionável do ponto de vista biológico, cultural e social. Em especial porque esta concepção veio ao debate porque a Segunda Guerra mundial, havia revelado com um grau elevado de realidade do que nós humanos somos capazes de realizar aos outros de sua espécie.

A declaração do Direitos Humanos foi PROMULGADA. Isto implica em dizer que não foi da vontade humana tal DECLARAÇÃO. Tornou-se necessário tais leis para cercear, cortar, aparar, suprimir, restringir, limitar, diminuir a vontade humana de querer se impor de qualquer meio e modo sobre seu semelhante.

Hoje, no Brasil temos instituições fortes que zelam pela dignidade e pela justiça. Mesmo assim, ainda falta um oceano para ser atravessado para que TODOS termos DIGNIDADE e sermos JUSTOS, e ajamos com JUSTIÇA, que é diferente de ter ACESSO á justiça.

A justiça, talvez seja o direito mais complexo e complicado de se conceder e exercer. Isto porque, todos temos a forma mais egoista de Justiça. A justiça que é instituida em forum íntimo que nos declara:

– JUSTIÇA É TODA E QUALQUER DECISÃO QUE ME FAVOREÇA.

Ao defender JUSTIÇA para todos, não me iludo com a falsa idéia de IGUALDADE. Há sociedades em que os critérios que nós temos como base da justiça e do bem comum, é por lá repudiado e visto como um mal, e também como desnecessário. E não adianta repetir o clichê: “Em pleno século 21 ainda existe isto!”. Defender e declarar justiça para todos é declarar uma utopia.

A justiça que temos é PROMULGADA atraves de leis. Estas leis coibem certas práticas, e estabelece certos comportamentos contrários à vontade de muitos.  Por tais desvios humanos, é que existem diversos direitos estabelecidos.  Ter direito a Justiça, implica também receber os regulametnos sobre nossa condutas.

Toda a matéria do direito, visa a imposição da justiça entre nós. Isto implica em dizer, que fossemos deixados aos nossos desejos, seria a injustiça que prevaleceria, tal como, se evidenciou no período anterior à PROMULGAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS. Os Direitos Humanos nos parece justo, porque foram baseada nos anseios sociais daquela época e nós nunca experimentamos a plenitude desta DECLARAÇÃO, talvez por nós mesmos somos os principais prejudicados em relação a falta de realização destes direitos PROMULGADOS.

Quem é o guardião dos DIREITOS HUMANOS?

Anúncios

Um comentário em “Blogagem Coletiva: Dignidade e Justiça para todos nós!

  1. Meu Querido Amigo….
    Outro belissimo texto!!!! Parabéns…

    O guardião dos Direitos Humanos, é o Estado.

    A Declaração Universal dos Direitos Humanos reflete a aceitação geral de que todo individuo deve ter direitos, fazendo com que o Estado tenha obrigação e responsabilidade na proteção desses direitos. É o que Hannah Arendt chamou de “Direito a ter direitos”.

    E para tudo o que você escreveu, há apenas dois verbos: Dever Ser.

    Beijos querido !!!!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s