Ações da alma Humana · Assuntos da Alma · Relacionamentos, casamentos e contratos · Vidas

O Amor em definição!


O amor, como palavra, tem sua origem no Latim. Em grego, amor é ágape, eros, filos e também stergos. Em nossa língua, só existe uma palavra para designar alguém que tem uma predisposição, um desejo intenso de querer bem a uma outra pessoa, e também, pode ser um desejo intenso por um animal ou coisa: AMOR.

Há quem não tenha “amor-próprio”, e outros que se derretem de “amor ao patrimônio artistico”, e as religiões se empenham para que a membresia pratique ao máximo o “amor ao próximo”.

Este sentimento de devoção absoluta a alguém, a algum ser, a uma coisa, nas palavras de Camões, “é um fogo que arde sem se ver,” e impulsiona diversos homens, mulheres, jovens, e velhos em prol de uma causa.

As mães se engraçam com o amor filial, e há quem diga:Amor, só de mãe!” 

O amor também desperta e provoca fortes atração física, quimica. Olavo Bilac poetizava com a palavra amor assim: “o amor me acalma e endouda, o amor me eleva e abate!” Alguns em situações semelhantes, e sem ter e saber  usar as palavras apenas dizem: estou louco de amor

Alguns loucos de amor, casam-se por amor“.  Hà quem confunde tudo, e parte de um amor passageiro quer e erra nos calculos, pois confundiram um amor de fogo de palha“, e assim, este amor torna-se uma desgraça ao casal.

Muitos casados tem aventuras amorosas, enquanto outros, dedicam todo amor, em veneração e amor a Deus. Este tipo de amor, se revela através da adoração, da veneração, do culto, da oração, e dedicação à divindade.

Entre amigos, há afeição, amizade, carinho, ternura, este é o amor entre amigos. Há quem morra por amor à verdade, amor à natureza, amor ao jogo.

O amor pode ser traduzido e entendido como zelo e carinho por alguém, ou por algum ser vivo. Assim temos o objeto do amor“.

O deus-grego do amor é o cupido. E há profissionais que trabalham por amor à sua obra.

Homens e mulheres, quando encantados subitamente, dizem: foi amor à primeira vista, ou seja, amor no primeiro encontro, e alguns, não percebem que não passa de um simples “amor carnal”, que fica satisfeito tão somente, com a relação sexual, isto também pode ser definido como amor-físico“.

O amor livre existe, mas, é raro e é rigoroso e vigorosamente perseguido por alguns religiosos, e é constratado pelo amor, representativo pelo casamento.

Não raro é o amor platônico“, que nenhum de nós fica livre na adolescência. Há aqueles e aquelas dados a “1.000 amores“, pois se entregam de todo o gosto, com o maior prazer, a qualquer que seja, cada um dos “1.000 amores”.

Atualmente, “fazer amor” é sinônimo de ter relações sexuais, copular.

Em momentos de dificuldades, há pedidos de caridade, de compaixão, de pena, usando a expressão: “Pelo amor de Deus

Os artista vivem “por amor à arte, amor ao seu dom, ao dote“, pois, mesmo não obtendo sustento com o dom, vivem desinteressadamente, e muitos oferecem gratuitamente o que tem, e podemos classificar tais pessoas como idealistas, que “vivem por amor de“.

Existe pessoa que é mesmo “um amor!” Estas pessoas, nos embalam em sonhos, em graça, em encantos, uma verdadeira coisa inexplicável. Estas pessoas, são simpáticas, bondosas,

O amor está em nossa volta, pois, “o amor está no ar

Baseado no dicionário Aurélio.

Anúncios

10 comentários em “O Amor em definição!

  1. O amor se manifesta mesmo sob as mais diversas formas e é difícil defini-lo, a gente apenas sente .. e mesmo assim, senti-lo talvez seja mais complicado do que tantar explicá-lo !!

    Concordo com isto. O amor é assim mesmo. Um só texto não é suficiente, aliás, uma vida inteira não é suficiente!

  2. Sou viciada em Aurélio! Ficou ótimo o texto!

    Além de Aurélio, sou viciado em dicionário de rimas e dicionário de sinônimos e antônimos.

  3. Eu amo tudo!! Nao preciso “ir com a cara da pessoa” para ama-la. Posso parecer utopica, mas é real. Ate os poucos inimigos (conhecidos) que cultivei, consigo ama-los, deixando-os sempre proximo e algemados para que nao me pretendam o mal. Eu amo tudo! Eu amo tudo!

    Eu sinto e sei como é! Sinto exatamente estas tuas palavras!

  4. Então vou me tornar uma louca (varrida, seria? rsrsrs), casar-me-ei por amor!!! E que o amor esteja presente sempre em nossas vidas, Adão…e que o tenhamos como a canção: “love’s in the air”…rsrsrs Saudades de passar por aqui. Saudades de você. Bjão.

    Amém! E se fores loucas e varrida, certamente, e tomara que, sejas varrida para debaixo do tapete.

  5. “Por ser exato, o amor não cabe em si. Por ser encantado, o amor revela-se. Por ser amor, invade e fim.” (Djavan) … Bjos “suquinho de mangaba”

    Suquinho de mangaba? Essa é nova! KKKKKKK, mas, Djavan está certo!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s