Ações da alma Humana · Opinitivo e Pessoal · Relacionamentos, casamentos e contratos · Vidas

como perder minha amizade e lealdade!


Semana passada em uma sanha, explicável e justificável, resolvi ir embora de Irece. Ajuntei meus panos de bunda e mesmo sem nenhum planejamento estratégico, resolvi aceitar a proposta de um antigo amigo á acompanhá-lo em sua jornada política. Ele me convidou num momento crítico. Em protesto e vingança a situação que pelo momento vivia, resolvi partir, e planejei ficar por lá uns tres meses, e posteriormente, mudaria para a remota região do Pernambuco.

Deixei para trás esposa e filhos em desconsolado choro. Sair mesmo com o rumo, e com todos os pertences que tinha quando casamos: Uma sacola de roupas, porém, sem cuecas e sem meias.

Permaneci até então isolado, e sem contato direto. No sábado á noite, bati um breve papo com Pri, a galega capixaba e só. O desespero foi grande por aqui. Choro e ranger de dentes. A minha situação não é uma valhala (paraiso dos guerreiros escandinavos mortos em combate), mas também não chega a ser comparado ao tártaro (lugar mais profundo do inferno).

A esposa ficou chorosa por que ela ama a terra onde nasceu. Os filhos choraram porque nunca passamos tanto tempo separados, e ademais, eles não sabiam para que lugar eu estava indo. Apenas sabiam que eu estava indo, e também não sabiam os motivos da ida. Foi um alvoroço só.

Apenas uma pessoa soube deduzir aonde me encontrar. E foi em minha direção. Dois dias depois, ele me localizou e me entregou o celular que Kátia enviara.

Os planos:

Fui convidado para coordenar a campanha política de um amigo no Pernambuco. E sem avisar ninguém, aceitei o convite e despedi de todos, dizendo que estava indo, e se, tudo ocorresse bem voltava para irmos todos, porém, não os avisei para que lugar estava indo. Foi mesmo de próposito.

Porque o propósito?

Um meio de protestar a situação que vivo. Uma situação chata, causada, provocada por terceiros, porém, que caiu sobre meus ombros e tenho que resolver. Resolver problemas meus já é chato, imagina a consternação que é resolver problemas causados a voce por outras pessoas, inda mais, por pessoas que dizem: Eu te amo! Estas situações, parecem ser mais doloridas e desalentadoras do que muitas outras juntas.

O que deu errado?

  • Uma pessoa que seja complicado de conviver: Sou eu.
  • Uma pessoa que seja facil convivio: Sou eu.
  • Uma pessoa que abandona o que atrapalha o convivio: Sou eu.

Posto acima, mesmo que contraditório, e tendo a viagem sido realizada, cheguei na região próxima de Recife para os trabalhos.

Nos primeiros dias, tinha como meta conhecer a cidade, seus órgãos, localizações diversas, mapeamento, e algumas reuniões com o presidente do partido, o secretário, e o candidato majoritário.

Participei da convenção partidária.

Estava lá pelo amigo, e pelo contrato proposto. Minhas tarefas seriam de coordenação politica, organização, agendamento, acompanhamento e apontar o melhor caminho para o amigo candidato.

Porém, na segunda-feira, quando tudo parecia bem encaminhado, reuniões marcadas, agendamentos feitos, compromissos marcados, me aparece o amigo-politico, e me diz:

– Dão, quero conversar com voce!

– Tá conversando!

– È desagradável, mas, é uma recomendação, e um conselho ao amigo.

– Diga homem, o que é!

– Não quero que voce fique conversando com “minha mulher” do jeito ficou lá na copa conversando com ela. Eu ouvi o que voces conversaram e não gostei! Aquilo que voces conversavam pode fazer com que voces fiquem intimos demais.

– Como é que é?

– Isso mesmo! Voce não pode ficar conversando com minha mulher. Eu já vi muitos romances começarem assim, e não quero perder o amigo por causa disso. Mulher casada, em especial a minha, não pode ficar conversando com homens não!

– O que tem de intimidade no que conversamos.

– Não importa o que, o que importa é que voce é homem, ela é mulher, voces são humanos, e pode nascer entre voces uma intimidade…

Fez mil e uma recomendações a respeito de como eu deveria me comportar diante da presença feminina; como evitar certas situações constrangedoras; que mulher alguma é de confiança; que eu somos humano; que somos fracos; ela é humana; que as coisas podem acontecer quando menos se espera; etc e tal.

Depois dele ter feito a lista de recomendações, disse-lhe:

– Ainda que sua mulher fosse a mais famosa messalina, a mais vagabunda de todas as esposas, além do desrepeito que voce acaba de cometer a ela, voce está me desconsiderando como amigo.

“Amigo que é amigo, por amor ao amigo”, não olha para a esposa do amigo, ainda que seja a mais bonita e mais gostosona de todas.

E então determinei:

– Amanhã partirei!

– Dão! Que isso! Não é necessário esta atitude!

– Não admito qualquer julgamento desta natureza á minha honra, moral e lealdade. Voce me desmoraliza e fere minha honra; quando julga que eu e sua esposa possamos desenvolver um romance, só porque conversamos por poucos minutos; voce me coloca numa posição de galanteador, e coloca-a, como mulher insinuante, e nós não comportamos assim, em momento algum.

Na manhã seguinte partir para Campina Grande. Fui para Feira de Santana. Voltei para casa. Deixei de estudar para o concurso da CEF. Sepultei a amizade com este ex-amigo. Tinha enorme consideração a ele. Muitas histórias do passado agora só terão valor saudosista e romãntica.

Não admito tal julgamento infundado a minha pessoal. Casei-me aos 26, até então, apesar ter tido alguns namoradas, foi com esta que tive relações sexuais a primeira vez, e desde então, nunca tive um relacionamento extra-conjugal, nem beijo na boca, nem romance, exceto um flerte virtual com uma certa “barriga verde”, mas, tudo dentro do permitido e acompanhamento de minha parceira, sem segredos.

Foi isto! Para quem ficou preocupada, depois explico a minha outra situação, que é mais pessoal, porém, em diversos momentos, já dissolvir em textos aqui neste Blog.

Anúncios

16 comentários em “como perder minha amizade e lealdade!

  1. Querido amigo! Como vai? Perdão pela demora em aparecer. Às vezes é bom nós passarmos por situações assim( mesmo não as merecendo), para darmos valor ao que temos. Um forte abraço,

    Não há de querida! Sei da sua luta com o livro.

  2. Meu Parcero nao quero ser contra tua ideia, e nem te julgar por tua atitude, mas gostaria de te lebra que o respeito vem com a comunicacao, e teu amigo espreco os desejos dele, sem te agredir, apenas te diz oque ele pensava e voce como um homen inteligente como se parace deveria ter respeitados os desejos dele, nao se esqueca que dois irmaos nacido em uma mesma casa talvez de um mesmo parto , crecendo na mesma epoca estudado e tendo os mesmo amigos, crecerao com opinioes distintas, o caso de me e meu irmao, Entao ele ter dito oque pensava e muita prova de consideracao para com voce! e se voce esta na casa de outro homen ten mais e que respeitar os Direitos dele!
    e De verade penso que voce deve e Desculpas a teu amigo, naopela falta de cultura que ele venha ter e sim pelo respeito que ele teve em falar sobro o assunto contigo antes que se criace uma Situacao pior, de siumes or de Odio!
    Ai fica a tua Disposicao de pesquisar a cultura Brasileira e respeitala o mais Dififcil que seje , acredito ser capaz de ver as dIferecas Culturais

    Evidente, Frank que reconheço e valorizo a cultura, bem como respeito a diversidade, entretanto, não me è aceitável as seguintes idéias:

    Opressão de qualquer espécie, a qualquer humano.
    Receber a acusação, perseguição por algo que nunca fiz. Sou casado desde 1995, e desde então, jamais tive um caso extra-conjugal, e se, algum dia houver, não será com a mulher de um amigo, como você mesmo disse: sou inteligente!

  3. algumas pessoas que no passado foram amigas, no presente é melhor ficar distante para não estragar as memórias passadas… Sim, nossos aniversários estão chegando e descobri que o Wagner Fontoura do Boombust faz no mesmo dia que eu 🙂 bjs.

    Diz alguém, não sei quem, que as comunidades virtuais servem para encontrar aquelas pessoas que queriamos esquecer, e no meu dia de aniversário, aqui na família de Kátia tem 1 irmão dela, 1 tio, 1 prima, e 1 cunhado. Aqui meu dia de aniversário é carne de vaca!

  4. Promessas…Promessas…Promessas…foram feitas para não serem cumpridas. 🙂 ….. já que não cumpriu de primeira, então, volta a ser o ultimo da lista.

    🙂 …. 🙂

    Beijos fofo….
    A tarde passa lá…vc sabe onde neh???

  5. Caramba! O cara deve estar com a estima dele lá embaixo pra já ir achando que tu tava dando em cima da mulé dele.
    Xá pra lá. Chuta que é macumba! Eu heim?
    Tava preocupada contigo menino. Tu sumiu!
    Bom retorno, abração.

  6. Julie……. Se o Amazonas é a mãe, então o RJ é avó e tia que paparicam seus netos/sobrinhos. Hehehehehe…. 🙂 Dão…tô um caco da viagem. Exausta. Os belos “macacos” encheram o saco essa madruga. Já conversamos num dos bat´s canais. Deixa eu ir que tenho muito o que organizar. Quer um pouquinho de dor-de-cabeça? bjs no seu coração

    kkkkkkkk o amazonas tá mais perto e já fiz promessas de ir lá e já estou atrasado, prometi que ia em fevereiro!

  7. Meu amigo, Se algum dia quiser vir para as terras de Cá em tocantins, é bem vindo, tu e tua família. Prometo fazer um café, bom que está em casa. nada pode ser melhor que a nossa casa.

    Eu aceito o convite, qualquer dia, qualquer hora, viajo para estes serrados.

  8. Sabe a boa notícia nisso tudo??? Você voltou pra casa, graças a Deus. Quanto aos problemas, eles irão se resolver, vc vai ver. Continue orando por mim … ta tenso …

    Imagino a situação! Orei por voces. Leia Tiago 4:7

  9. Neste território aqui (onde vivo e por onde andaste), eras rei e não sabias. Irias dar aula aqui, sim, de como ser simplesmente amigo. Não souberam reconhecer isso, pelo mesmo motivo que às vezes eu mesmo sinto decepção quanto a essas pessoas estupidamente vazias de alma. E se sabes fazer tantos amigos à distância e de tão longe suscitar tão desprentensiosos interesses fraternais, como iríamos nós fazer eco à maldade dessa gente que, ironicamente, vive mergulhada numa das atividades mais sofríveis da nossa sociedade: “política”.
    …………
    Sim, meu rei, ensina mais pra este pernambucano aqui – porque me sinto mal por te terem tratado de forma tão ignóbil.
    ………….
    Seja eu teu súdito, por já seres uma lição de vida – e não é a primeira vez que escrevo isso aqui.

    Querido amigo, quem assim me tratou não foi um Pernambucano, ainda que more ai nas redondezas por algumas décadas. Ele é do interior de MG. E tivemos uma longa amizade iniciada na metade da década de 80 (1985 até 1997) e que nos renderam memoraveis lembranças e aventuras, entretanto, este amigo cometeu um erro gravissimo comigo: “acusar-me do que não fiz” em minhas relações tal atitude, é semelhante ao pecado contra o Espirito Santo, não perdoo!

  10. O meu post foi pensando no que se passava nessa sua cabecinha…
    “O intimo supera a palavra e o sentir”

    “Aos coadjuvantes resta apenas o estar. E aqui Eu estou.”

    Que a bagagem de volta tenha sido mais leve!!!!! Porque a de ida…… Querido tô as voltas com meu projeto com a prefeitura, ainda não consegui finaliza-lo(Eu e meu perfeccionismo) e ainda tenho um trabalho $$$$ pra terminar, As contas estão começando a chegar, rsrsrsrsrs. Volto com mais calma!!!!

    Beijos

    Eu li… gostei e vi a insinuação!

  11. Apoio?? Meu filho…era Katia chorando de um lado e eu movimentando a policia de outro. 🙂 Pior mesmo foi quando ela parou de atender aos telefonemas!!! Que suspense!!! Ai..como eu sofro!! Se tu não aparecesse até o dia do teu aniversário eu juro que ia colocar anuncio em todos os jornais do país: Procura-se, de preferência VIVO.

    Quando Katia falou que tu estavas numa cidade proxima de Caruaru…estava eu lá…mapeando teus rastros e procurando a PRF mais proxima. hehehehehehehe As meninas foram ótimas…nos nossos orkuts nunca houve tanta troca de informação via depoimento. Eita Adão…como tu é querido heim?? Benza Deus!!! E Deus proverá em tudo na tua vida. bjs. fuiiiiiiiiiiiiiiiii……..

    Me senti querido mesmo! Há certas coisas que acontecem que me provoca algumas convulções mentais. E as vezes, penso em destino, mas, logo depois, renego tais pensamentos!

  12. Oi, Adão! Estou para te ligar desde aquele dia, mas minha vida tá uma bagunça… Depois te mando um email contando. Bjos

    Eu espero seu contato. Estarei aqui a disposição!

  13. Ô geniosinho arretado esse heim?? Parece até eu…

    Em relação ao seu ex-amigo…bem…: “política é para quem quiser, saber ser político é para poucos”. Na política, as relações interpessoais se estreitam, inclusive, dentro do âmbito familiar – se faz necessário esse estreitamento. A politica sempre cobrou não só dos representantes mas também de todos os que lhe cercam. Esse tipo de comportamento dele, só demonstra o quão ele ainda não está preparado para esse mundo. Coibir a equipe que trabalha com ele de sequer conversar com a esposa, que nem sempre tem papel figurativo dentro da vida pública, é não prepará-la para acompanhá-lo e não confiar na equipe que o cerca. E hoje em dia, não cabe mais primeiras-damas silenciosas e apagadas…elas fazem o grande diferencial na vida desses homens públicos.

    Em relação a amizade…bem essa não existia…foi tudo um grande engano. E não confiava tanto em você assim. Com o tempo verás que Deus escreve certo por linhas mais certas ainda. Ao final, num momento qualquer, o público e o privado descem descarga abaixo.

    Bjs querido!!! Boa e Linda semana para ti. Estarei fora do RJ, mas a gente vai se falando no mesmo bat canal.

    O agravo foi ele ter duvidado de mim, atacado a esposa que já o suporta por mais de década. Ele conhece minha história de resistencia ao assedio sexual e a imposição sexual masculina, como que temos que ser pegadores, comedores de todas as nossas amigas, irmãs e tias. Sabe por exemplo que eu e outro amigo de juventude temos por regra nunca se envolver com mulher casada, amarrada, companheira de alguém, por pensar e pesar a situação alheia de nosso amigo e irmão corno do lado de lá. Será que eu gostaria de saber que aquele que diz que é meu amigo teve relações sexuais com minha esposa? Não, então, não farei com ele o que não gostaria que fizessem comigo.
    E sou mesmo terrível quando me acusam do que não faço, noutros casos até, confesso o delito.

  14. E como foi bom falar contigo nesses dias de preocupação…tua voz foi dôce aos meus ouvidos. Mas, logo tudo se ajeita…Deus proverá. Já conversamos prá cacete esses dias…e nunca esqueça daquela frase única e inesquecivel: por você, sim…para você, nunca. rs rs rs Bjs querido! Boa semana….

    Obrigado pelo apoio… ainda não conseguir falar com as demais…

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s