Ações da alma Humana · Mulheres, Fêmeas, Feminino · Relacionamentos, casamentos e contratos

homens e mulheres são diferentes!


– Adão, a Lora tá enlouquecendo! Coitada!

– Como assim enlouquecendo?

– Ela não tá suportando a barra! Já tá dizendo que vai preferir voltar para o marido a suportar tamanha pressão!

– É! Isso é mesmo de enlouquecer. Eu avisei, que estes próximos meses, e, até mais ou menos dois anos, a situação não é nada fácil.

Mulher é mesmo um ser guerreiro. Ela suporta a crise que sua decisão gera. Não é nada fácil suportar a pressão do ex-marido, da família, dos amigos dele, das amigas dela, dos colegas de trabalho, a pressão socio-cultural, não alivia em nada.

Ela anda chorosa. Emagreceu. E quem esta por perto, diz que ela anda mesmo tendo breves ataques de histerias.

Mulher é mesmo assim. Diferente de nós homens, que se possível vevemos um século em banho-maria, as mulheres poem um ponto final na história, joga uma pedra em cima do relacionamento indesejado (nem todas), e parte o sofrimento dos dias futuros.

Não são como os homens que vivemos provocando-as a agirem. Não são como os outros machos, que preferem sair para comprar cigarros e não mais voltar. Não são como nós homens, que à semelhança dos gatos, acostumam com o lugar e não com as pessoas.

Mulher que é mulher, quando o relacionamento tá ruim, não se contenta com flores em datas especiais, ela mensura o passado, o presente e planeja logo o futuro trágico, e pula logo fora da roda da história fracassada.

Homem que é homem, prefere uma mulher infeliz do seu lado a terminar qualquer relacionamento que ele tenha começado. Vive longos anos acomodados, sentados em largas poltronas, ou em fracos tamboretes de três pés.

Preferem e vivem os domingos em bares, em campinhos de futebol em mesas de amigos jogando baralho e dominó a ter que ir enfrentar a sua situação.

Nós homens tentamos arrastar qualquer mal relacionamento por longos anos. Preferimos ir inserindo pausas, e vírgulas onde não é mais possível, ai vem a mulher, quebra o falso controle, arranca as pausas, e poe logo um ponto final. E ponto final.


Anúncios

7 comentários em “homens e mulheres são diferentes!

  1. O DETALHE É QUE A MAIORIA , EU DISSE A MAIORIA DAS MULHERES ESTAO SEMPRE RECLAMANDO DE ALGUMA COISA , CONHEÇO CASAIS QUE TEM UMA VIDA BOA , UM PADRAO BOM , BOM EMPREGO , MORADIA PROPRIA , CARRO NA GARAGEM PAGO , FERIAS NOS FINAIS DE ANO E AS DONDOCAS SEMPRE RECLAMANDO DA VIDA. SE VOCES MULHERES RECLAMAM TANTO DE NOS HOMENS , PORQUE SE CASAM OU SE JUNTAM , AS MULHERES TINHAM QUE FICAR SOLTEIRAS E QUANDO TIVEREM A FIM DE SEXO , SAIR PARA CAÇAR DAR UMA E PRONTO , MORAR NAS SUAS PROPRIAS CASAS , TEREM SEUS PROPRIOS CARROS E VIAJAREM COM UMA AMIGA OU SEI LA …. E EM ALGUNS RELACIONAMENTOS JA É ASSIM HOMEM NO SEU CANTO E MULHER TAMBEM , OUTRA COISA É CASAMENTO , O QUE TEM DE PROCESSOS DE SEPARAÇAO NAO ESTA NO MAPA , ACHO BOBAGEM SE CASAR , FAZER FESTA E TAL , NAO DURA 3 OU 4 ANOS SE DAO UM PÉ NA BUNDA……..

  2. Concordo com vc, os homens sao mais acomodados, muitas vezes continuam um relacionamento apenas por costume!

    Eu sou fã de DR, nao costumo fazer isso toda hora, mas sim quando é preciso…as vezes colocar tudo em pratos limpos faz renascer a paixão!

    Verdade acima de tudo!

    Beijinhos

  3. Adão.

    A realidade que você colocou neste texto… é assustadora… somente por ser o que é… uma realidade.

    O Homem é… (geralmente)… por natureza… um ser acomodado… tem medo de perder o conforto de uma situação… mesmo que esta seja de total infelicidade.

    A mulher coloca o ponto final e se morde de remorso depois… rs… (complicado)… rs.

    Vou ligar para minha terapeuta… rs.

    Abraço.

  4. Você descreveu, em breves pinceladas, o modo lento com que os relacionamentos afetivos evoluíram ao longo dos milênios.
    E você deixou bem claro que a natureza feminina tem uma tendência, no geral, à busca pela troca verdadeira da energia afetiva. Isto significa que todos (de ambos os sexos) gostamos das cartas sobre a mesa e jamais que se esconda alguma na manga, quando se trata do “jogo” em que se transformam (em sua maioria) os relacionamentos homem-mulher.
    Considero saudável que a lealdade prevaleça, sem desequilibrarmos a balança para qualquer dos lados.
    Mas, seu texto vai além. Ele revela que se deve pesar bem os riscos, pois em alguns casos, muitas pessoas “trocam seis por meia-dúzia”.
    Eu nada acrescentaria ao que você, Adão, escreveu.
    Talvez eu tente resumir, lembrando que somente aquilo que é genuíno, autêntico e sem “forçar a barra”… é tudo o que se busca para cada um na relação que se pretenda ser duradoura.
    Grande análise, é como defino esse seu texto.

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s