Ações da alma Humana · Relacionamentos, casamentos e contratos · Vidas

vidas e amores!


O jovem detetive entrou na sala, e encontrou-o assistindo desenho animado. Admirou saber que aquele rico empresário passava seu tempo vendo desenhos, ainda mais, vendo aqueles desenhos japoneses, do tipo, Dragon Ball Z.

– Por favor, sente-se – Disse-lhe!

– Não obrigado! Só preciso saber alguns detalhes do serviço.

– Minha mulher fugiu hoje com o motorista. E desejo, que o  senhor os encontrem.

Depois de acertarem os valores, e terem assinado os devidos papeis, o detetive saiu. Passado dois dias, estando no escritório recebeu uma chamada no celular.

– Pois não?

– Senhor, já encontrei a mulher, e também o motorista!

– Certo! E como eles estão?

– Estão sentados na cama, enquanto, aponto a arma para eles. O que faço com eles?

– Com eles? Nada!  Tome o carro, que ele me levou e traga o Jorjão!

A mulher, jogou-se ao chão, e gritou desesperada:

– Jorjão não! Jorjão não! Eu fico com Jorjão! Eu fico com Jorjão!

– Senhor, Jorjão é o motorista?

– Não !!! – Gritou furioso! E em voz mansa e desabafante disse:

– Jorjão é o cachorro. Ele e o carro são  meus, traga-os!

– E a mulher senhor?

– Deixa ela com o motorista! Eles creem na felicidade e acham que se amam! Eu só quero o carro e o cachorro!!

Anúncios

8 comentários em “vidas e amores!

  1. A primeira leitura pareceu-me mesquinho, na segunda vingativo, mas agora acho muito sensato da parte dele.
    1. a esposa tem vontade propria e sanidade pra decidir o que é melhor pra ela.
    2. o carro acredito que tenha trabalhado bastante pra conseguir, então é dele.
    3. o cachorro era o unico ser vivo que respeitava o silencio e o acompanhava em seus desenhos animados, (visto que não se abalou com a fuga da mulher), e sem vontade propria, valeria a pena resgata-lo.

    Não sei quem mais sofreu na separação, o homem que me pareceu querer apenas um ser vivo por perto, o cachorro que ficou sem alguém que realmente se preocupasse com ele, ou a mulher que deve ter sentido o quanto não era amada e quanto tempo perdera antes de resolver fugir.

    Bjs

    Sarah, o texto foi baseado num filme que vi quando jovem. Faz tempo, e estou a procura de um trecho do mesmo, para mostrar aqui!

  2. Adão??
    Jura que é uma adaptação sua?? Nossa!!! Então há readaptações desse texto rolando na internet !!! Menino!!! Bill é uma figuraça !!! Beijos meu querido !!! Bom final de semana junto a sua lindissima familia !!!

    Querida, não faz muito tempo, o sujeito que participou do filme, passou na Globo, uma homenagem a ele que havia morrido. Até passou este trecho do filme!

  3. Este texto descreve “realmente” como os valores e conceitos das pessoas podem ser diferentes e que estes mudam de acordo com a ocasião. Para este homem “o carro e o cachorro” eram os únicos objetos de valor que realmente importavam na sua relação com sua esposa, depois da traição sofrida por ele. E ACREDITA QUE EU CONCORDO COM ELE? (Risos…)

    Adão diga a Kátia que eu adoraria ter me encontrado com ela e seria um enorme prazer, mas que já fazia 8 anos que eu não encontrava com meu irmão e resolvi aceitar o convite dele. Foi muito bom para mim… É bom a gente tirar “um tempinho” só para a gente. Fazia muito tempo que eu não pensava assim. Um abraço para você, na Kátia e nos meninos. Beijo.

    Querida, eu expliquei a Kátia, ela entendeu. Eu prefiro, como escrevi a R. Rayol, prefiro não ter que agir igual!

  4. Muito bom o texto. Brincadeira heim que cachorro amado … rsrsrs Adão, lembra um texto q vc escreveu sobre o rio São Francisco? Foi vc q escreveu? Onde encontro? Bjsss, v se aparece …

    Galega, vamos combinar um dia para iniciar o seu Blog??? Já te enviei o link por E-mail!!

  5. Já conhecia esse texto (mais um daqueles que manda-se por e-mail). Já fiz uma peça no estágio, onde o cara só queria na partilha, o carro e o cachorro – a única exigência para ele conceder o divórcio! E acredita que foi para no litigioso ??? Ela não queria dar o cachorro para ele. Moral da historia – Você pode descobrir que não era tão importante quanto o carro e nem o cachorro.

    PS: não escutei a musica ainda !! E vc ?? Já viu o video no Curvas ???

    Beijos …….. vou à aula !!!!

    O texto Querida, é uma adaptação ao filme que vi, quando jovem!!! Vi o filme, e gostei das observações do Severino!!

  6. Muito boa! Bem melhor do que a história, real, do casal que matou o detetive que ela contratou para seguí-lo.

    Murdock, esta história é bem antiga, remonta a década de 50. Eu lembro de ter assistido ao filme, quando menino. Só fiz umas mudanças!!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s