Ações da alma Humana · Relacionamentos, casamentos e contratos · Vidas

Pequenas atitudes!


Muitas pessoas ao me encontrarem, falam de seus problemas pessoais, de seus problemas sentimentais. Até parece, que há uma placa pendurada no pescoço: Confidente! Conselheiro Sentimental.Não só amigos fazem assim! Muitas vezes, é a primeira vez que encontro a pessoa, e não demora, ela despeja sobre mim, a sua carga de problemas emocionais.

As reclamações são diversas, e o que tenho acompanhado, é que, muitissimas pessoas destes dias, sabem muitas coisas, menos lidar com suas emoções, seus problemas pessoais quando as emoções se afloram.

Nunca aprenderam a lidar com frustrações e as decepções de um sentimento não correspondido. Não sabem contornar um problema. Só sabem resolver alguns problemas no relacionamento terminando, divorciando, afastando da pessoa, objeto de afeto e carinho. E, admira-me, ser as vezes, uma questiúncula que poderia ser abandonada, deixada de lado, sem maiores dificuldades.

Apesar de certa irritação, confesso que gosto. Quando ajudo alguém, também sou ajudado. Isto de alguma maneira volta para mim. Faz três meses que haviamos nos encontrado.

– Cara, vou largar minha mulher! – Disse aquele jovem, que há, não mais de 14 meses, disse estar pronto para amar, proteger, acompanhar aquela mulher, fosse na alegria ou na tristeza, na riqueza e na pobreza, etc.

E o que está acontecendo entre vocês?

Brigas! Muitas brigas!

– Ninguém deve acabar um relacionamento por haver brigas, debates, discussões diversas, conflito de interesses pelo contrário, divergência de opinião, partidos político, ou porque você é flamengo e ela vascaina. Devem usar este recurso para mudar, melhorar o relacionamento, ouvir as reclamações, e as queixas como orientação.

– Como assim?

– A última briga foi por qual motivo?

– É que cheguei em casa e a criança estava chorando, e eu não peguei ela no colo. Liguei o computador. Só isso!

– Para você, é só isso, pra ela não! A sua mulher leva toda a casa nas costas cara! Não custa você chegar em casa e pegar a menina no colo. Logo, ela dorme. Faça assim: todos os dias, quando chegar em casa, antes de ligar o computador, pega a menina, tome banho com ela, brinque com ela, pelo menos uma hora. Dê comida a ela… afinal, desde que vocês entraram naquela casa, já não importa o eu, agora somos nós! (Você, ela, e a criança).

Entre outras dicas foram estas:

  1. Saiba a data da menstruação de sua esposa, e um dia antes, traga o absorvente que ela costuma usar, e saiba mais detalhes sobre este ciclo;
  2. Arrume a cama para ela se deitar todos os dias;
  3. Saiba o dia do lixo, e providencie a remoção do lixo da casa;
  4. Se vocês usam inseticida, aplique-o antes dela ir para a cama, se vocês usam mosquiteiros, arrume-o;
  5. Saiba o horário que ela constuma se deitar e que horário costuma acordar, e como costuma acordar;
  6. Quando sua esposa dormir no sofá, prepare a cama, e pegue-a nos braços e leve-a. (Muitas vezes, ela dorme ali, para você a levar, mas, você nunca fez!)
  7. Se você não aguenta leva-la, por problemas diversos, ao menos, ajude-a levantar-se, e ajude-a a chegar ao quarto. Pergunte se quer água, um lençol, travesseiros, coisas que você deseja, ela também deseja.
  8. Descubra a parte do corpo que ela mais gosta! Apalpe! Elogie! Saiba! Observe, e saberá porque ela gosta!
  9. Descubra a parte em seu corpo, que ela mais admira.
  10. Saiba datas importantes para ela; (aniversário dela, da criança, de namoro, de casamento, …)
  11. Não esqueça, de enviar, se não puder uma caixa, ao menos dois bombons Sonho de Valsa nalgum dia qualquer, sem nenhum motivo, a não ser, querer agradar. Ela vai gostar de saber que pensou nela!.

Nesta última quinta-feira, encontrei-o lá na praça da prefeitura. E, não é que o sujeito seguiu alguns conselhos, e se deu bem!!! Ao menos por enquanto. Ainda há brigas, mas ele aprendeu a lidar com o temperamento dela.

Enquanto conversava com este jovem, um outro chegou e ouviu a conversa. E disse, já totalmente intrometido no papo:

– Te garanto, que esse negócio de arrumar a cama, e pegar ela no colo, funciona mesmo. Fiz uma vez, e agora faço sempre. E quando é de manhã, ela me acorda sempre com um beijo. Outra coisa, que ele me disse, e que é batata: dê massagem nela, começando pelos pés.

Quando entramos pro banho, e esfrego as costas dela, e passo a pedra nos pés dela, ela fica toda mole!

É como ele me disse: uma briga, as vezes, acabará, se você continua fazendo a rotina, e saber diferenciar, uma opinião contrária, do que é o seu casamento. 

Vocês estão brigados por um motivo, mas, a briga, e esta divergência, não deve impedir você de leva-la para cama. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa!

Assim, ele me falou, assim tenho feito! O nosso casamento ficou melhor! Siga as dicas ao pé da letra.

Disse ele, fazendo divulgação gratuíta. E até parece que sou o melhor e o mais experiente dos casados, mas, ai pergunto: quem é que vai me ajudar quando meu barquinho furar??? ha ha ha ha ha

Estão tão acostumados a competirem no campo de trabalho, a fazerem tudo numa empresa, e não sabem lidar consigo mesmos. Não sabem entender a companheira, o companheiro.

São aptos a resolverem problemas técnicos complexos para os outros, e no entanto, não aprenderam o valor do perdão, o valor das atitudes básicas do dia-a-dia, de palavras pequenas do tipo: sim, não, obrigado, por favor.

Apesar de ser, este o padrão estabelecido e vivido fora do lugar, onde deveria ser o melhor lugar do mundo: seu lar!


Anúncios

4 comentários em “Pequenas atitudes!

  1. Caramba!!!!!
    Tô de cara!
    E um homem dizendo isso?
    Sabe o que acontece? Acho que a maioria dos homens pensam que é preciso muito para contentar uma mulher, quando o segredo está nos pequenos gestos, que na verdade são grandes, imeeeeensos.
    As pequenas atenções de um para com o outro são o verdadeiro segredo de um relacionamento feliz e duradouro.
    Feliz do casal que descobre e faz uso.

    Menino, vc sabe das coisas! Parabéns!

    ui! pensei que irias por em dúvida minha masculinidade kkkkkkkk

  2. Adão,
    Amei o texto e sua forma de tratar com uma simplicidade fora do comum as coisas do dia-a-dia. Tenho tirado boas lições das suas sábias palavras.
    E como a Beth disse, quem dera se todos os casais ponderassem as situações e resoluções para viverem em uma constante harmonia.
    Beijão

    A vida é tão simples Tatá... nós é que complicamos.

  3. Lindo texto Adão!
    Parabéns
    Quisera todos os casais (casados ou não) tivessem a ponderação necessária para a resolução de simples divergências. Só acho cansativo quando bate-se na mesma tecla e os problemas continuam com eternas e velhas brigas.
    Parabéns pelo texto e por mais uma percepção de um dia-a-dia simples de se viver – quando se quer viver.
    bjs

    Brigado querida! É verdade isto ai. Falta muito ponderá, entender, e mudar pequenas atitudes e alguns vicios.

  4. Adão
    Nada a acrescentar ou retirar. Concordo integralmente com teu texto.

    Lendo-o, lembrei-me de uma constatação feita por Heidgger ainda no começo do século passado: o homem, como pastor do Ser, esqueceu de si mesmo. Há muita técnica e pouca reflexão. O que as pessoas buscam são técnicas que possam resolver seus problemas, quando de fato precisam apenas refletir um pouco sobre si. Mas quem tem a coragem de encarar a si mesmo?

    Admiro a tua sabedoria sobre as pequenas questões da vida, mas gigantescas para o bom convívio consigo e com os outros.
    abraço

    Fico lisonjeado em despertar em você lembranças do Heidgger. E, este exemplo do pastor que leva a salvação aos outros, enquanto ele mesmo, não está salvo, é interessante!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s