Ações da alma Humana · Reconhecimento · Vidas

Os homens do Nordeste.


homens_nordeste.jpg

No texto anterior, a Sarah  comentou assim:

“Fico me perguntando porque quase não aparece homem carregando lata d’agua, quase não tem homens nas filas para mantimentos, onde estão os pais de tantas crianças?????  (me refiro a reportagens) “

Eu estava pensando em escrever algo sobre os homens, e aproveito a oportunidade para repetir: o sertanejo é antes de tudo um forte” – Euclides da Cunha

Encontramos diversos homens nesta viagem. Muitos são homens jovens. Sem alfabetização ou de baixa escolaridade. Aqui tem imagens de alguns homens do Nordeste!

Em sua maioria são homens de rosto carrancudo, com aspecto sombrio, marcados pelo tempo ainda que tenham pouca idade.

È dificil a sobrevivência.

Inteligência e imaginação, capacidade logística e planejamento (curto, médio e longo prazo) é exigido de todos eles para viver e sobreviver o dia-a-dia.

São homens formados e esmerado com o que há de mais cruel na vida: a falta de alimento e a falta de água. Eles sobrevivem e lutam todos os dias.

Dos “destinos” que se cruzaram com minha vida nesta viagem, a que mais me emocionou e que mexeu com meus sentimentos de compaixão foi a de Mudesto.

Toda a carga de feijão foi guardada em delegacias, e além de trancada era vigiada pela policia local.

Na cidade de Jurema, sul do Piaui, quando entramos na cidade, fomos recebidos pelo secretário do prefeito, que  gentilmente nos conduziu ao galpão ao lado da delegacia onde a carga seria guardada e fortemente vigiada.

Antes do inicio dos serviços, chegou um homem até bem vestido.

– Senhor! – Disse a mim – eu já estava indo embora quando vi vocês vindo pra cá, eu preciso senhor trabalhar, e ter uns trocados, deixa eu fazer parte da turma que vai descarregar.

– Vou providenciar – disse a ele.

Porém, já estava tudo arranjado, e devidamente encaminhado para beneficiar um grupo seleto nomeado não sei por quem.

Eu e Eliseu assumimos a vaga dele. E asseguramos, que ele iria trabalhar e não sairia com as mãos abanando.

Foi o melhor de todos os homens que ali trabalhou! No momento de receber, porém, o policial disse que ele não tinha sido contratado, e que, o secretário do prefeito não tinha compromisso com ele, que trabalhou sem contrato, mesmo que verbal.

Os olhos dele marejaram. Empalideceu. E, Eliseu atalhou a conversa, e disse:

– Senhor secretário, esse homem ai é por minha conta, porque, eu sou um homem que meu pai ensinou a valorizar a palavra dada.

– Porque o senhor, o contratou?

– Porque eu quis contratar, porque, vi que ele tinha experiência em descarga.

O secretário ficou constrangido e pagou os R$ 10,00. Eu e Eliseu completamos o restante do dinheiro que ele precisava.

O restante do feijão que ficou no assoalho, eu sugeri que fosse dividido, entre os trabalhadores da descarga. Depois de devidamente limpo, sobrou dos 40.000 quilos de feijão, 3 sacos.

O policial negou a parte do Mudesto. E, tive que intervi junto a ele.

– Mudesto! Esse homem, (O policial) tem claras intenções de prejudicar você. Não entre numa disputa com ele por causa deste feijão.

– Mas, o senhor viu? Ele deu 1 saco para 3 homens. O outro saco ele deu pra aqueles outros 3, e não me deixou pegar nem o feijão do chão! – E em lágrimas veladas  indagou quase num sussurro: – Porque esse povo não gosta de nós, meu Deus?

Mudesto mora a 3 léguas de distância da cidade de Jurema. Perdeu a condução gratuita, e só poderia voltar pra casa ao anoitecer. Ele optou para ficar e descarregar o feijão, porque segundo ele disse-me:

– Senhor, faz mais de mês que nós compramos algumas coisa lá pra casa;

– E sua família não recebe ajuda do governo não?

– Nosso povoado senhor, só é esquecido de todos. Lá ninguém tem ajuda não. Nem do presidente, nem do prefeito.

Depois de terminado o serviço, o policial ainda o ameaçou e repetiu diversas vezes:

– Quando você ver um miserável na beira da cova, não tenha pena!! Empurre o desgraçado e tampe o buraco. Estas desgraças não podem ser ajudadas!

Ele fez referência ao fato de eu e Eliseu temos aceitado a mão-de-obra dele.

Não bateu no Mudesto porque eu intervir duas ou três vezes. Ele provocou a tal ponto de o Eliseu pensar que o Mudesto estava errado, e havia arrependido de pagar uma diária (R$ 10,00) a mais para ele. Quando expliquei-lhe toda a história de perseguição e humilhação que ele impusera ao coitado, ele quis voltar e denunciar ao prefeito a conduta do policial.

Amigos, pra ser homem neste nordeste, o cabra tem que ser forte, e homem e meio. Quando um nordestino chegar por ai, saiba que é porque não teve nenhuma outra solução fácil ou díficil que ele não tenha buscado para solucionar seus problemas.

Lembre-se: o sertanejo é antes de tudo um forte” – Euclides da Cunha

Se é díficil para as mulheres, para a maioria dos homens é díficil, duro, humilhante. A incerteza de tudo torna-os reféns de inescrupulosos homens impiedosos.

E as mulheres?

As mulheres em sua maioria é o motivo, é o bálsamo, o remédio, a inspiração pelo qual estes homens são tão fortes.

Sem mulher, não haveria homem algum que suportasse tal situação! No fim, ambos se sustentam.


Anúncios

9 comentários em “Os homens do Nordeste.

  1. Li e gostei.
    Obrigado por responder minha pergunta.
    Ainda sem pc, meu hd morreuuu.

    Lamento sua perca! Eu sei a intensidade desta dor.
    Agradeço a oportunidade de responder!

  2. Meu avô era nordestino, veio pro Rio aos 17 anos expulso de casa pelo pai que parecia querer o mínimo de filhos possível pra criar. Ele dizia que nordestino é preguiçoso, prefere as coisas dada. Nem todos são mas muito pelo jeito ele tinha razão, vide a história que você contou sobre a falta de pessoas para trabalhar no mercado no outro texto que você escreveu.
    Abr

    Estão acomodados amigo. Até animais irracionais quando acha comida fácil deixa de caçar, e assim são domésticados!

  3. saudosa de tu!!

    Os sertanistas sao alem de fortes e latentes, inspiraçao para os que nao conseguem ir alem da minima inspiraçao de se conhecer sua propria historia…???????…Nao me pergunte Daozin..Apenas retrate a ideia no balsamo, nas latas dàgua que nunca havera de carregar.
    To de volta ao meu chao!!! bjs te amo.
    Katia, puro amor de ser estranho…

    Senti sua falta. Quase morri apaixonado sem noticias suas. Não faças isto comigo!!!

  4. Meu muito querido amigo Adão:

    Eu conheço a solidariedade e imenso coração dos homens nordestinos. Eles são maravilhosos.
    Morei treze anos as margens do Rio São Francisco, minha casa ficava na beira do rio.
    Conheci pessoas admiráveis e presenciei a luta pela sobrevivência deste povo lutador e generoso. Homens e mulheres nordestinos, eles são um exemplo de persistência e coragem. Gosto de pensar que faço parte deste povo. Um povo sofrido e forte. Aprendi muito com eles mas nunca serei tão boa como eles.
    Pensando neles escrevi:

    “O coração do nordestino, é rachado como a terra, seco como a estiagem, belo e generoso como a colheita depois das chuvas e bravo como a semente que rasga a terra para germinar e brotar feliz por fazer parte deste lindo milagre, que é o Nordeste” (Juli Ribeiro)
    Um abraço sincero e saudoso.

    Juli, querida e amada! Muito grato fico em receber tuas palavras, inda mais em saber de alguns acontecimentos que andaram te cercando. Força amiga. Estarei orando, rezando, torcendo por você e sua filha. Amiga, você é como você descreve em seu próprio texto! Beijo carregado de amor e carinho pra você!

  5. Querido Amigo! Nem sei o que dizer… Infelizmente a MALDADE existe dentro de alguns homens (mulheres também). Imaginei toda a cena e depois de rir no post da Beth, me entristeço aqui. Porém, fico feliz pelo Mudesto ter encontrado, na sua dura jornada, um ANJO CHAMADO ADÃO! Beijos meu querido Amigo e se já te admirava, agora te admiro ainda mais. Grata pelas visitas. Nessa noite, rezarei por aquele povo.

    Oh querida Cármen, Obrigado por me considerar um anjo. Grato. Um cheiro carinhoso!

  6. uma vida de luta que por vezes nem iamginamos que alguém viva assim. como se costuma dizer a uniao faz a força e aqui esta um exemplo,enquanto o homem luta por um lado a mulher ajuda por outro.
    tenho um jardim pa vires passear
    , . – . – , _ , .
    .) ` – . .> ‘ `(
    / . . . .`\ . . \
    |. . . . . |. . .|
    . \ . . . ./ . ./
    .. `=(\ /.=`
    …. `-;`.-‘
    ……`)( … ,
    ……. || _.-‘|
    ……..|| \_,/
    ……..|| .*´¨)
    ¸.•´¸.•*… ¸.•*¨)
    (¸.•´ (¸.•` *
    *´¨) мιℓ вєιנoѕ♥*♥
    ¸.•´¸.•*… ¸.•*¨)
    (¸.•´ (¸.•` **♥*♥
    e um resto de uma boa semana
    carla granja

    Homem e mulher uma só carne, um só espirito, unidos em alma, corpo e espirito, são em si uma enorme força da natureza

  7. caraca, isso que eu chamo de um causo. da vida real, quando vi o titulo do post ia dar uma sacaneada mas lendo vejo que fez um belo tributo ao sertanejo.

    Você ia sacanear??? Valeu Rayol!!! Não esqueci o tal do well, o seu tá guardado!

  8. Pois é Adão! Que belissimo post. Posso te dizer?? Me emocionei.

    Vi meus avós retratados nele. Enquanto ele ficava o dia inteiro na lavoura de abacaxi, ela carregava latas d´água, ia para a feira e criava 16 filhos numa casa de sapê. E ainda existem casas de sapê nesse mundão de meu Deus!
    ……….. “Ele a caçamba e ela a corda” – como ele mesmo dizia.

    Querido…o sertanejo é forte; é a força de mandacaru…na esperança da asa-branca. Só quem conhece o povo sertanejo sabe disso. São as rugas dos 60 em rostos de 30…

    Beijos…
    até o proximo post meu amigo!

    Ainda é assim pra pior querida! Grato!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s