Ações da alma Humana · Relacionamentos, casamentos e contratos

Ela não serve pra você!


– Ela não serve pra ser sua esposa!

Assim disse aquele amigo, com a intenção de convencer o jovem apaixonado, quanto sua futura esposa.Não ocorreu debates, e nenhuma outra atitudes ríspida quanto a observação.

Cinco anos depois, encontrou-o. E, ainda estando casado, “sartisfetio” com a escolha e a decisão acertada, até então, inquiriu o referido, considerando-o como “antigo amigo”:

– Porque motivo, você disse que ela não servia pra ser minha esposa?
– Eu falei?
– Falou! O que você sabia da vida pregressa dela que eu nunca soube?
– Nada, apenas pensava que ela não servia pra você.

E para tentar esconder algum preconceito, minimizou dizendo:

– Afinal, você é um cara culto, estudado, e tinha planos que não combinava com ela. Era o que eu achava!

É assim mesmo!! Há pessoas que querem moldar a vida dos outros, pela opinião dele, e não muito raro, são incapazes de ajustarem a própria vida.

Tem eles as palavras mágicas para solucionar todos os problemas na vida alheia, no entanto, vivem sofrendo pelos cantos suas desventuras. Querem impor seus conceitos, preconceitos e modos, aos demais, como se nós outros não soubessemos decidir, escolher, opinar, resolver, ver, ouvir, sentir, etc.

Abaixo, um vídeo ilustrativo:

Falsidade social! Desejo de controle!


Anúncios

12 comentários em “Ela não serve pra você!

  1. será que o cara sabia de algum podre da mulher do outro ??

    eta falsidade sai de mim rs…

    Então… quando foi apertado para dizer o que sabia sobre… ele declinou…
    não sabia nada de amoral, anti-ético, e que pudesse dequalificar a garota,
    a questão era simplesmente porque ela só tinha estudado até a 5a Série…
    Só uma questão de escolaridade. Imagine ter que abandonar um grande amor,
    porque ela simplesmente é analfabeta!!!

  2. Voltaire disse:
    “Posso não concordar com o que dizes, mas defenderei até a morte o direito de dizê-lo” ….

    (desde que pagues meus honorários) ….coisas de minha cabeça pensante.

    Então:

    “Eu jamais iria para a fogueira por uma opinião minha, afinal, não tenho certeza alguma. Porém, eu iria pelo direito de ter e mudar de opinião, quantas vezes eu quisesse.” Friedrich Nietzsche

  3. Replica

    Mais uma vez discordo: então só posso recorrer a um analista que tenha passado os mesmo disabores, ou uma ginecologista mulher só pq ela sabe o que é ser mulher, ou me aconselhar com um padre só pq não tem pecados?
    Só uma pessoa integra de moral, sem caminhos tortuosos pode me aconselhar? Discordo. Posso ouvir a todos, quem eu quiser, mas cabe a mim fazer a escolha final.

    Não querida!! Não é sobre isso que estamos discordando…
    Estamos discordando sobre dar opinião e saber dar opinião…
    Se vou opinar sobre sua vida, devo no mínimo, dar a você as provas necessárias de que minha opinião é melhor do que sua decisão… opinar só pra ser do contra?

    Vou escrever um texto sobre isto… e baseado numas palavras de Jesus… aguarde!!!

  4. Adão… ri muito com o video, mas discordo do seu texto. Cada um faz o que quer…da forma que quiser.

    Se opiniões e conselhos fossem tão descartáveis assim as pessoas não recorriam aos livros de auto-ajuda, aos analistas, ou não leriam blogs como o seu, o meu, os nossos.

    O que a gente deve fazer é expor nossa opinião, como achamos que deve ser, mas ninguém é obrigado a nos seguir em idéias e muito menos em comportamento. Nem nós mesmos estamos condicionados a fazer o que escrevemos ou pensamos. Lembra daquele ditado: faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço?

    Aqui, nesse texto, você também impõe e diz: parem de dar direcionamento na vida alheia, não se metam na vida dos outros. Mas há outros, outras e tantos mais que torcem como disse Thiane em um texto dela para também, ou meio sem querer encontrar “a outra que foi o anjo na minha vida” – ou coisa parecida.

    Temos que opinar sim…mas cada um deve seguir seu caminho da melhor forma. Basta não se lamentar depois. Eu prefiro a paz, tem gente que é feliz na guerra.

    Pois então querida Beth… eu posso opinar em sua vida, e certamente, o faço e o farei sempre que necessários, mas o que não posso é dar uma opinião, sem saber porque motivo opinar… ja imaginou eu dizer pra você:

    – Beth, fazer direito não é legal pra você não!!!
    – E porque Adão, direito não é legal pra mim?
    – Sei não, é só minha opinião, eu não gosto de direito, e penso que você também não deve gostar de direito!!!

    Que tal???

    Aceitamos opiniões em nossas vidas, mas, opiniões de pessoas que possam opiniar e apontar as vantagens da nova visão opinada!!!

    Por fim… aceito sua contestação!!!

  5. Daozin, complicado. Queria escrever, mas sei q minhas ideias sao delongas extensa. Tudo tem, com o modo que se fala e com a intimidade que se fala. Pelo MSN entao!

    Temos todos as perpectivas de vida pra ser feliz, sao tantos os conselhos. E conselho a gente vende sim! Quando voce concorda (mesmo discordando), SACIA, é uma venda. Que de algum modo, a pessoa um dia vai te cobrar.
    Bjs saudosos, adoro seus textos

    Eu é que não consigo fazer dinheiro com os meus, só eu!!!

  6. Adão:

    O importante são os nossos sentimentos.
    Se não der certo é outra história…
    Tem gente que adora se meter na vida dos outros e acaba atrapalhando.

    Passe lá no meu blog, tem um recadinho para você.
    Beijo.

    E como tem Juli, e o pior, é que não percebem que já tem muita concorrência, e estão se especializando em serem cada vez mais intrometidos e sem carapuças

  7. Se conselho fosse bom ninguém dava de graça…

    Em relação a esse tipo de coisa, de sentimentos e tal, acho que a gente não pode dar muita relevância ao que os outros acham…O que importa é o que TU sente, e só você pra saber quanto significa o sentimento…

    Sentimento é de quem sente, não é???

  8. Há muitos anos disseram isso a um casal, eles ouviram e encontrarm pessoas que serviriam, mas era ilusão.

    As vezes tudo é ilusão, mas, há umas ilusões que valem a pena vivê-la

  9. Poizé, cara! É isso aí… preconceito é foda… mas querer impor os próprios conceitos à vida pessoal de outras pessoas, é mta falta de bom senso. Mas poderia ser que o cara apenas queria a mulher pra ele, vai saber… não dando certo, ele iria chegar perto, “consolá-la”, até fisgá-la…

    Aliás, acontece tanto isso… já aconteceu até comigo (sim! Já dei ouvidos pra um “amigo” que me fez a cabeça, larguei a mina e ele aproveitou… burrice de adolescente…). De qq forma, taí um texto que nos leva a pensar numa coisa: não devemos dar ouvidos a caras que pensam ser os donos da bola, por que a vida é nossa e ninguém nos ajuda, concretamente, a viver! Pq o maldito que adora dar opiniões não empresta um único centavo pra gente, na hora do aperto???? Q merda!

    Abraços o/

    As vezes olho pra umas estóriazinhas que eu cri, que dá vontade de voltar lá, e bater na minha cara

  10. Por isso aquela frase “I wanna live my life, I don’t want people telling me what to do”.
    As pessoas acham que dizer aos outros o que fazer é só dar ordens. Mas, vai além disso. Significa querer que os outros vivam suas vidas de acordo com o que você acha certo, policiá-los, criticá-los.

    Nada mais a declarar!!

  11. Pois é amigo! falsidade é o k há mais por este mundo fora. pela frente é uma coisa ,agora por trás é uma loucura . o video tá engraçado e mostra a realidade da falsidade k todos conhecemos.

    Hoje nao tenho um poema tao picante é mais suave um misterio.
    Se kiseres vêm l~er e me diz se gostas: bjo
    carla granja.

    Mesmo que eu não quisesse, já fiquei curioso!
    Vou lá é claro, que vou!!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s