Ações da alma Humana · Relacionamentos, casamentos e contratos

O poder do dinheiro nas relações.


Eles estavam casados há dez anos quando os conhecemos. Eram agradáveis e demonstravam alegria e felicidade quando os visitavamos, quase todas as sextas-feira.

Ela estudava e ele custeava-lhe todas as despesas. Ela precisava da ajuda dele para as atividades domésticas, ele as realizava. Mas, a vida, “a vida é uma caixinha de supresas, e numa bela manhã de sol” ele ficou sem emprego.

Acabou o dinheiro da poupança. E, nenhuma empresa o contratava. Ela já estava devidamente diplomada e devidamente contratada, por conhecimento e influência dele na cidade. Ele, com problemas de saúde não podia mais, exercer a profissão. Precisava moldar-se a nova realidade, mas, até que isso acontecesse, passou longos quatro ou cinco anos ouvindo-a reclamar, murmurar e destrata-lo.

– Convidar pessoas pra comer aqui em casa? Você tá doido? É você que faz feira? É você que tá sustentando a casa?

Depois de ouvi-la falar assim, afastamos. Há pelo menos 8 anos que não entramos na casa deles. Ainda que, agora, exista uma outra realidade. Na época aconselhei-o a mudar de ramo, procurar uma outra profissão. Agora, ele trabalha num municipio vizinho. Ela anda toda sorridente, e voltou ter afeto, amor e atenção por ele.

Enquanto, ela reclamava dele, ele reclamava dela.

– Adão, como é que uma pessoa pode ser tão ingrata? Como é que essa mulher esquece do que fiz por ela? Ela é hoje, o que eu pude fazer por ela. Eu a incentivei. A ajudei nos trabalhos. Paguei-lhe tudo. Nunca a abandonei, e agora que ela tá colhendo o fruto, não pode ter paciencia? Não pode ajudar-me agora que preciso, sem remoer, sem jogar na cara?

Por pouco não separaram.

Entretanto, a situação é mais comum do que se pensa. Há tempos que venho observando o comportamento de uma velha senhora, daqui da cidade, e minha vizinha.

Já são casados por longos anos. Talvez, já estejam pra fazer 60 anos de casados. O filho mais velho, já passa dos 45, e o comportamento dessa senhora, que já recebe uma aposentadoria é muito cruel com o esposo.

Ele trabalha arduamente. Paga as contas da casa. No entanto, a maioria dos filhos moram lá, e são as mulheres (todas tem renda), quem faz as compras do mês.

Entretanto, entre as responsabilidades imposta a ele, estar o açougue. Caso, nalgum dia, ele não comprar a carne, o frango ou peixe, ela providencia tudo para as filhas, para um filho que nada faz, e para ele, serve feijão, farinha e arroz.

Ela promete mudar o tratamento com ele, no dia em que ele tiver uma renda mensal, e puder ajudar mais nas despesas da casa. O interessante, é que, ela só é aposentada porque utilizou os documentos e informações da pequena propriedade rural da família deste que ela humilha, zomba e maltrata.

As vezes chego a pensar que quem estava certa, era a Cyndi Lauper quando canta:

“Money changes everything
Money, money changes everything
We think we know what we’re doin’
That don’t mean a thing
It’s all in the past now
Money changes everything”

O dinheiro não muda as pessoas, apenas, revela seus interiores. E, esta revelação ocorre quando se tem dinheiro, ou quando falta dinheiro. Na abundância, as pessoas querem bem a você. Na crise, você sabe quem foi sincero!

Veja também isso: Dinheiro não trás…

Creem até hoje, que a fidelidade ao voto matrimonial só é quebrado com a relação sexual ilicita, mas, isto é adultério. Infidelidade é outra coisa. Neste caso, são infieis ao voto feito, que amariam um ao outro na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza. Mas, o dinheiro muda tudo. ” Money Changes Everything”


Anúncios

19 comentários em “O poder do dinheiro nas relações.

  1. Espero que isso não aconteceça um dia comigo
    mas se acontecer eu acho qeu vou embora da casa rs…
    essas musicas me lembraram uma do Ac/dc que se chama “Money Talks” e o refrão é + ou – assim:
    Come on, come on, love me for the money..
    Come on, come on, listen to the moneytalk

    Essa música, não lembro se conheço, mas vou procurar ouvir pra saber se faz parte de algumas história

  2. hahhahahh:)

    promovi o encontro de dois blogueiros…

    e eu que nem imaginava que existia Irece no planeta!
    pera ai?vc conhece a filha do Xico??

    eita
    eita

    Conheço também o Xico. Ele é vizinho de minha sogra.
    A filha do Xico minha esposa de Tia!!!

  3. Sabe adão, eu ja vi acontecer ao contrario também, acho que muito mais do que imaginamos, mulheres que são guerreiras e provedoras e que quando deixam de ser perdem o valor.
    A diferença é que as mulheres são mais batalhadoras e quando isso acontece se levantam e partem pra outra, a maioria dos homens aceitam tal humilhação.
    Bjs

    Isso também ocorre Sarah, principalmente, alguns homens que mantem uma esposa, pela dependencia financeira. Nestes casos pra onde foi o sentimento que existia entre eles?

  4. nao sei como agiria se acontecesse um caso assim parecido comigo, ateh mesmo pq tenho 22 anos e ainda penso em curtir a vida, mas eh de se esperar q vc apoie completamente a pessoa q vc escolheu pra “viver pra sempre”. eh por isso q continuo sozinha, nao tenho ainda esse pique todo de “na alegria e na tristeza, haja o q houver”. pra mim, o dinheiro realmente tem mta influencia nas relaçoes sim, eu tiro pelo meu animo no fim do mes qd naum tenho mais 1 puto e meu animo no 5º dia util, hehehehe… bjao…

    Boo,

    È verdade o que voce diz, porém, o coração tem leis próprias.

  5. Dandao, saudade de vc…nao te vi no msn…

    Tenho lido você com frequencia, meu amor
    Quanto ao MSN duas situações:
    1 – Espere o acaso nos unir;
    2 – Hora marcada;

  6. O Homem tende ser fiel e cooperativo. O que é dele, no caso grana, é de todos (mulher, filho, empregada, festas, compras, viagens, castos superfluos). A mulher não age assim, é mais individualista com questoes monetarias.

    Para ela, o valor de ser mulher, vai alem do simples ganhar um bom salario. Ela pensa no amanhã. Mas, no caso de “ficar” momentaneamente CEGA, sao outras caracteristicas. Esquecer quem te ajudou, tem muito com o carater dela. F…ne? Mas, ela com tempo se constroi um humano, mais digno ou nao. Depende de quem vai estar ao lado dela.
    Bjs

    Você não disse uma teoria Julie, você quase revelou-nos a lei regente

  7. Adão ……..
    só sei o seguinte: eu adoro rachar conta em restaurante e adoraria ganhar na mega sena.
    kkkkkkkk

    KKKKKK é Beth, conta de Restaurante, é um fim de semana, um momento, não é???
    As pessoas sentem muito mesmo, quando se tem que dividir o dinheiro. A única coisa, que teoricamente, você tem mais, quanto mais dividir, é o amor. Dinheiro, quanto mais se divide menos se tem.

  8. mandei uma mensagem em off para teu msn.
    top secret

    meu amor…conheces o velho ditado? (me digas o porque gosto tanto de ditados): quando a fome bate a porta, o amor sai pela janela!!!! Pura analogia.

    Pois é querido…..money, money, money … um mal necessário, mas tem que saber seus limites. Como meu professor e defensor público da área de familia diria: Ninguém sai ileso quando o assunto envolve dinheiro e bens patrimoniais.

    T-chau

    Nesse caso, o amor, é um covarde??? ha ha ha

  9. Não gosto de nem de discutir sobre dinheiro, acho que é o mal do seculo. Mas, falando de fidelidade, ela não se aplica apenas a amor e sexo, vc tem razão quando diz que faltou fidelidade, ainda vou escrever sobre isso.

    Querido não tive tempo ainda de postar o premio, tive um problema com meu modem e so agora consegui resolver, foi desinstala e instala e estou exausta. Não gosto de fazer essas coisas em LAN. Mas, quer conhecer uma mulher? tire dela o dinheiro.
    Bjs

    Há muita confusão nos nosso relacionamentos Sarah, em especial, o que é que vale mais… e quanto vale.

  10. Ah, tchê, tu tocou num ponto delicado. Passei por situação muito semelhante, então é dificil falar sem sentimentos. A vida com a minha ex mudou no dia em que eu precisei que ela ajudasse a pagar as contas, já que o meu salário não seria suficiente. Não deu um mês e ela caiu fora.

    Paciência.

    Ela não merecia mesmo. Vou, agora, é esperar aparecer alguém que mereça.

    Abração!

    É mesmo Fábio… o bolso é mesmo, talvez o ponto mais delicado de todos nós.

  11. .
    Dinheiro compra saúde
    Quando não tem que morrer
    Dinheiro só nunca pôde
    Fazer o que é morto viver
    .
    Dinheiro compra beleza
    Dinheiro dá força forte
    Dinheiro só nunca pôde
    Livrar o homem da morte
    .
    Também moro em Irecê. Na rua do Hotel Guanabara.
    Parabéns pelo blog.

    Eita, Chico, hoje, Bruno, me disse quem é você.
    Moramos bem próximos. Você mora na ACM e eu na Odete Nunes.
    Você é pai de Vanessa… eu te conheço cabra!

  12. Dinheiro e mulher veio ao mundo pra testar a fé das pessoas. 😦

    porque queremos tanto dinheiro e qndo o temos não nos reconhecemos??

    “duzomis”, quer dizer né!!!???
    Eu não vejo problema no dinheiro, mas, em tratar as pessoas
    diferentes quando essa pessoa não tem dinheiro.

  13. É machista o processo mesmo.
    Homem tem que ser o provedor da casa…bobagem, bobagem…
    Só consigo sentir pena dessas pessoas…mesmo sabendo q um dia pode acontecer comigo.

    Nalguns casos amigo, deixa de ser machista e passa a ser insensatez, e pura
    crueldade com aqueles que em “dificulidades”

  14. Adão conheço uma história diferente.
    Meu tio ajudou minha tia a fazer faculdade de Pedagogia. Sempre a maltratou muito, desprezo, sabe?
    Depois que ela se formou passou a andar arrumada e se cuidar mais. Ela descobriu que ele tinha um caso há muito tempo. Se separaram.
    Agora ela está muito linda e charmosa restaurou a casa porque na época ele só vivia de comprinhas básicas.
    E agora quer voltar, é mole?
    Eu no meu caso não voltaria, mas ela quer, fazer o que, né? rs

    Realmente só conhecemos uma pessoa quando damos poder ou quando ela tem tudo e perde.

    Beijos da Pê.

  15. Acho que tem muito caso também de homem que destrata a mulher por ela não ter dinheiro. Ou não? O destrato existe sim mas é diferente.

    Essas histórias ainda mostram bem aquele lado machista da coisa, de que é o homem quem tem que prover a casa, trazer alimento, sustento, dinheiro.

    Ainda me recuso a acreditar naquela frase que diz que “quem gosta de homem é viado, mulher gosta é de dinheiro”.

    Abraços

    Isto é outra realidade Murdock! Já fiz um texto sobre o tema, mas não lembro qual!
    Elas querem ter tudo do movimento feminista, mas não querem também, as vezes abrir mão do que esta estabelecido há longos anos: o homem é o homem e ele tem uma carga que elas só assumem quando não há outro caso… penso quem vive numa situação dessas, deve ponderá a situação, e planejar a solução.

  16. Dinheiro mexe com a cabeça das pessoas… Um saco isso!
    Imagine esse cara aqui de Sorriso-MT, que tirou sozinho a Mega Sena!
    Abração!

    Tanto ter como não ter dinheiro, não é???
    Eu só queria que ele mexesse com meu bolso, isto é, fizesse volume!!!

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s