Relacionamentos, casamentos e contratos · Vidas

Eu, ela e as amigas dela.


Eu desci a rua Lambari, acompanhada dela. Minha mãe e minhas irmãs que vinham do Salão do Reino das Testemunhas de Jeová,  juntou-se a nós. Continuamos nossa andada até chegar a altura da casa dela na Rua Lagoa Santa.

Ela me chamou para conversar. Sentei-me e fiquei esperando-a na sala. Ela entrou para a cozinha e trouxe-me um copo de suco. Porém, quando voltou, ficou tímida.

Pouco depois, enquanto eu fingia não ter percebido nada e ansioso para ir embora, sem que ela tivesse coragem de dizer o que prentendia ela me disse:

– Adão, estou muito a fim de você, e gostaria de namorar com você.

Havia dois anos e meio que eu não namorava. Foi um período de ajustes de personalidade. Eu, havia tomados algumas decisões importantes e que norteariam minha vida ao longo de uma década e meia.

E, neste período, eu havia proposto, não ter uma namorada, mas como dizer não a uma mulher bonita, insistente e corajosa como esta?  Seria eu indelicado ou poderia dar uma chance a tanto sentimento, e tentar fazer brotar algum afeto ? Optei por este último.

Errei!

Quando a turma soube que eu estava namorando-a, riram. Não que fossemos uma piada, mas, riram, porque sabiam aonde eu estava entrando.

Foi algo mágico aquele namoro. Naquela semana, garotas que outrora nunca dirigiam a palavra a mim, quando passavam por mim, abraçavam-me e eram carinhosas. Teciam comentários, e eram agradabilissimas comigo.

Situação totalmente diferente antes do namoro. Mas, isto era explicado porque eram todas amigas dela. Primas, colegas de escola e da igreja. Quando aceitei o namoro, fui aceito por todas, mas, não havia mérito nenhum em mim, apenas no título: “Adão é o namorado de fulana.”

Garotas de diferentes bairros e que eu nem sabia que sabia o meu nome, passaram a conversar comigo:

– Olá Adão tudo bem? Como tá você e fulana? Tão felizes hein??

Eramos a novidade. Todas comentavam a situação, em especial, por ela ter vindo me pedir em namoro.

Mas, isto durou pouco. Uns 12 dias. Não quis alimentar os sentimentos dela, sem poder corresponder-lhe tanto carinho e afeto, e na mesma sala, onde ela pediu para começar eu pedi para terminar.

Ela ficou triste, e apenas concordou dizendo: “Tá bom! você tentou, mas se não me quer! fazer o que? Thau!” É muito triste terminar um namoro, em especial, um assim onde a outra parte deposita muitas esperanças.

A questão foi passar a semana. Todas aquelas garotas que eram-me amigas, intimas as vezes, atenciosas e animadas, que me procuravam pra pedir favores, pedir informações… se transformaram todas em ex-namoradas.

Neste momento, foi que “Barranco” – Apelido e um amigo – me disse:

– Adão, aqui funciona assim: se você namora com uma, todas te aceitam, e é como se você estivesse namorando com todas, quando o namoro termina, todas ficam com raiva de você. Se foi você quem terminou, declaram-te inimigos. Se foi ela todas vão rir de você, e todas agirão como se cada uma tivesse te dado o fora.

E, não é muito diferente nos dias de hoje, ou seja, não mudou muito não!!! As vezes, quando passo por uma casa, onde há muitas conhecidas de minha esposa, sou tratado assim, e também ouço, as mulheres em festas e em rodinhas detonando aqueles outros ex-maridos, ex-namorados, “maridos ruins”, entre outros.

Assim, saibam que quando namoramos, noivamos e casamos com uma, só o somos por completo, se todas do grupo o aceitar.

Se apenas uma, for “du contra” e você tomar uma atitude contrária ao gosto delas, certamente, essa oposicionista, fará movimento contra você, e logo-logo estarás queimado no meio.

Ela e as amigas delas, foi isto que escrevi, não foi “elas e as amigdalas dela!”, cuidados com as amigas dela!! Zele delas e tenha respeito e afeto por todas.


Anúncios

23 comentários em “Eu, ela e as amigas dela.

  1. É… Não é facil entender mulheres que namoram “em conjunto”, terminam em conjunto, têm tpm juntas… Culpe a Lua, Adão.

    É verdade AP, a Lua é a culpada… ela e os astros influenciam muito…

  2. Cara! Q situação. Mas é assim mesmo. Terminar namoro implica perder amizades que a gente faz durante o relacionamento (parentes dela, amigos dela, tudo dela). Agora… o por quê eu não sei. Mulheres são estranhas, neste aspecto. Nunca perdi a amizade dos amigOs de alguma ex minha… mas amizades femininas viram inimizade. Estranho! O que uma coisa tem a ver com a outra, né mesmo? O que tem a ver amizade com duração de namoro? Por isso, continuo sem entender as moléres… mas amo-as, assim mesmo 🙂
    Abraços o/

    Nem é preciso entender não é??? Mulher ainda que estranha, é melhor do que homem amigo…

  3. Adão:
    Comigo aconteceu o contrário. Depois que eu e o meu namorado terminamos, todos os amigos dele ficaram do meu lado e estão do meu lado até hoje.
    Até os amigos de infância dele ficaram do meu lado!
    Mas sei de muitos casos como este que você contou…
    Você tem muita sensibilidade e talento.
    Adoro ler o que você escreve.
    Obrigado meu querido amigo, pelo carinho e por sua amizade.
    Você é um amor.
    Um abraço carinhoso.

    Juli, minha querida. Estou selando o seu blog como Blog Solidário
    Além disso, estive no seu blog ontem. E te mandei e-mail´s
    mas, não recebi respostas…

  4. Pois é Adão….
    Nosso grupo está em duas sinucas no próximo churrasco.
    O convite seguirá para todos e eles que se entendam.
    Chegamos nesse acordo porque adoramos os ex-casais.
    Mas, a simples ausência de um será sentida pelo grupo,
    não como casal, mas com um amigo que está evitando
    um novo reencontro com o(a) ex. E a gente acaba sentindo.
    Mas é da vida e logo tudo passa.

    Beijos e bom findi

    é vero querida, é vero!
    Quem conversar mais com um do que com outro pode
    transparecer apoio incondicional. Se não conversar cria-se
    outras situações. De tocar no assunto então???

    Bom fim de semana pra você também
    Um cheiro!

  5. Vai entender essa mulhera hem adão…
    pelo jeito depois num rolou nada com nenhuma amiga dela neh rs ?

    todos que namoraram com alguma daquele grupo e depois que o namoro terminou
    todos fomos declarados persona non grata

  6. Então Adão, agora imagine como ficam os amigos de um casal que se separa depois de longos anos juntos?
    Que sinuca heim?

    Amigos são amigos e são unilaterais nas preferencias e sentimentos.

    bjs

    Ficam separados também, não é Beth… ficam como bosta nágua??? Sem saber pra que lado pender
    e as vezes sem saber se devem ou não tocar no assunto???

    Como é que é???

  7. O que o senhorito quis dizer com isto, hein?
    Poxa, magoei!
    Snif

    Eu quis dizer que as amigas e os amigos ficam com ciumes
    e não entendem as decisões e desejos daqueles que nos escolhem.
    No caso das mulheres, elas vão fazer assim sempre!
    E os homens? Eles também. Tenho um amigo que me aconselhou a nao
    casar-me. O motivo dele?
    – Eu acho que ela não é a mulher ideal pra voce!!

    ha ha ha ha

  8. olá adão! a vida é complicada e todos mesmo dizendo k não, gostam um pouco de fofoca:) eu te digo:) há pouco tempo tinha uma pessoa especial na minha vida k há uns 2 meses me disse , não achas k estás a mandar muitas mens po tlm k tinham sido 3 e ao kual foi ele k começou 🙂 a partir desse momento jurei a mim mesma k nunca mais ia enviar mens nenhuma e assim têm sido:) agora é ele k envia e me telefona. é logico k comento com meus amigos ,mas nunca pa gozar , primeiro é por desabafo, mas tmb ninguém me leva a sério pq eu conto tudo a rir e se for preciso gozo de mim própria,mas até agora a situação se mantém:) se kiseres me visita e diz se gostas de meu blog
    bjo e bom fim de semana
    carla granja

    Carla G…

    Eu sou quase adepto do Cinismo. A Vida é simples, os relacinamentos entre nós é que tem certoas complicações.

    Veja se este é o seu link. Você me fez o convite, mas nao deixou o endereço… ainda bem que exite o Google.

  9. Meu Daonzin, queridim, cade nosso bolin de queijo?

    Lindinho. Quem inventou a reuniao foi um homem. Porque se colocar meia duzia de mulheres numa sala, a reuniao acaba em meia hora.

    Existe uma defesa natural para “causas femininas”. A gente se enrosca de raiva quando o assunto é traiçao. E, eu, que escuto isso quase todo dia, resolvi dar uns creditos aos homens, porque nao é facil ser mulher.

    Obrigadim por passar na minha pracinha,amo muito.
    Bjoquinhas apareça sempre

    PS: Tento ser a psi de eu mesma, aprendo com voces.

    Julie minha querida psi:

    No céu não vai ter mulher… baseado no texto do livro de apocalipse. Quanto as traições, eu já escrevi sobre isto. Não sei se já publiquei, mas já escrevi. Traição é uma coisa, adultério é outra. Mas, agora que lembrei, não escrevi fiz prmosse a Juli, do Lagrimas e Sorriso.

    Sua pracinha tá atraente, e é gostoso passar por lá.

  10. Querido quanto tempo!
    Olha sempre leio seu blog, mas estou na correria.
    Ai sabe as amigas do meu ex me odiavam. rs
    Nem sei o motivo. rs
    Sou implicante demais. kkkk
    Não ligo para isso sabe!
    Se o namorado gostar de mim nem ligo pros outros…
    Pior mesmo é sogra. Ainda bem que a minha (do atual) está a lejos daqui. hahahahaha
    Bjusssss com saudade.

    É verdade!! Já montou sua padaria?
    E precisa de motivo, além de estar invadindo,
    e delas não saberem o que ele viu em você???

  11. Pronto adão, agora posso escrever sossegadamente:
    1º eu estou quase 1 ano sem namorar :(, é que eu não encontro alguém e ninuem me encontra tb.
    2º é duro ser “deixada” é assim que nos sentimos quando alguem que nós iniciamos o relacionamento termina tudo.
    3º voce nem citou “familia” meu caro. Esta é a 1ª a aceitar voce ou não, mas, amigos são assim mesmo. O mesmo acontece o contrário, nós tb precisamos ser aceita por o amigo dele.
    tem talento pra escrever sabia?

    Iara!!
    Que bom!!! Mas, chegou atrasada viu!!!??? ha ha ha

    Querida, vi suas fotos, e não é por sua aparência que estas sem namorado.
    O meu conselho é sempre esse: “Vá para uma igreja, entrega a alma para o senhor, e deixa o corpo para quem desejar” ha ha
    Não citei a família? Ah! Algumas das amigas eram primas dela, a casa era da tia. E quem me deu o conselho, e avisou sobre o comportamento delas, foi um primo dela.

    Era mesmo um comportamento daquele grupo, é tanto, que elas detonavam um amigo, porque havia namorado com Leila uns 2 anos e terminaram. Todos que namoraram algumas delas e o namoro terminou, elas se declaravam inimigas e fechadas a conversas e dialogos.

    Quanto meu talento, não seria você que lê muito bem, e sabe interpretar o texto…
    Mas, deixando essa falsa modétia: Muito obrigado!!!

    Um cheiro!

  12. Oi, voltei.

    Agora li o seu texto e…

    Já houve (poucos) namorados e ex-namorados de amigas com quem não simpatizava muito, mas sempre guardei isso pra mim. Nunca falei mal dos atuais e nem mesmo dos “ex”, jamais fiz complô contra ninguém…

    Nunca aconteceu de vc não simpatizar com alguém que está com algum amigo(a) seu? Mas, ainda assim, vc ficar na sua?

    Essa história de guerra dos sexos não tá com nada. Podem perfeitamente ter homens que agem como essas mulheres ae que vc mencionou.

    Po, eu tive um namorado que amava muito, e ele também a mim. Só que um dia ele terminou comigo, não sem sofrimento da parte dele também…

    Mas enfim, enquanto estávamos juntos, saía muito com os amigos dele, todos sempre me acolheram superbem, eu vivia recebendo vários e-mails deles, mas depois…NUNCA mais recebi nenhum.

    Uma vez estava no shopping, e um deles estava com a namorada, e a menina (me conhecia tb) fez questão de vir falar comigo..Eu não os tinha visto, mas na hora eu vi que o cara ficou e veio meio sem graça…(se ele estivesse sozinho, não sei se viria falar comigo não…rs)

    Isso que vc relatou, acontece, com homens e mulheres!

    Acho que dificilmente os amigos do seu namorado(a) vão ser, genuina e duradouramente, seus amigos também. Pode acontecer, não é impossível.

    Mas acho que, geralmente, acabou o namoro, a tal amizade acaba também, e nem acho que isso seja por mal…é que acaba o motivo da convivência, sei lá…não fico magoada com ninguém por isso não…nem acho que é por culpa de ser “homem” ou “mulher”.

    É um comportamento social daqueles que vivem em bando, em grupo, em sociedade!!!???? É isso querida???

  13. a cerca de um ano, uma amiga veio nos apresentar um namorado, era o homem dos sonhos de qualquer mulher, a apoiamos, torcemos e recebemos de braços abertos, um mes depois do casamento ele saiu de casa com a roupa do coprpo, sem nenhum motivo aparente e sumiu, sumiu mesmo, a coisa mais louca que já vi, sabe-se que foi aí para os lados da bahia, nossa parecia que todas nós fomos abandonadas, foi uma revolta geral. Mas, é assim mesmo que funciona Adão, não so entre os mais jovens.
    Bjs

    Olá querida Sarah:
    Eu estranhei porque todos os outros colegas sabiam. Parecia um comportamento daquelas garotas. E o incrivel, é que namorei com ela pouco tempo, mas lembro-me do nome de várias amigas dela, mas o dela mesmo, não me lembro. ha ha ha, as amigas foram marcantes…!!!!

  14. Olá, vc não me conhece, mas…rs

    Bem, deixei um comentário sobre o seu comentário lá no blog do Murdock, se puder ler…

    Já fui lá responder…
    eita povo que tá gostando de mim!!!

  15. Adão me dê até as 11 hs e eu venho ler seu texto com calma e comentar, preciso resolver os papeis que tem na minha mesa 😦

    Querida Iara… aqui o tempo de resposta é todo seu, bem como o direito de permanecer caladas… um cheiro!

  16. Isso é um bando de encalhadas juntas, todas afastando os namorados e maridos das outras.

    Respondendo à sua pergunta no meu blog: ninguém me disse pra pensar e escrever daquele jeito, sempre fui diferente e por isso até hoje sou tachado de maluco!

    E, mesmo sem ter filhos, daria umas palmadas nos meus, na rua se necessário. Mas espancar não rola. O outro exagerou na força mas fez o que o sangue quente dele mandou.

    Abraços

    ha ha ha
    revoltou-se homem.
    O que escrevi lá tá dentro do seu contexto, pois, como saberemos? Talvez ser maluco, foi como mandaram você ser… é bom pensar nesta hipotese he he he

    Palmadas em filhos na rua, é díficil para a maioria de nós. Principalmente, quando se tem esposa, elas são mais vergonhosa. Espancar é uma outra situação.

  17. Ola Adão 🙂

    Eu ja tinha visto seu blog, mas nao comentado ainda.
    Ajudar eu acho que é algo de dentro de nós.

    Grato pelo retorno…
    Eu ajudo, mas não gosto de ajudar a mesma pessoa sempre.
    É melhor ajudar do que ser ajudado…como disse o
    apóstolo: é melhor dar do que receber

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s