Vidas

Experiências e sensações – Parte 2


Leia também: O Máximo de Cooperação 

Sinônimos de FracassoQuando decidimos insistir, ou melhor, não desistimos de experimentar novas sensações, quando as experiências amorosas anteriores não foram agradáveis, somos otimistas e cremos que o amor é de fato “um poder poderoso”, arrebatador e imensurável. Mas, como diz meu sogro, a desgraça de tudo, é que existe sempre o lado ruim e desagradável.

Enquanto há aqueles e aquelas que vivem em busca de conseguir e ou obter a experiência perfeita, para sentir as melhores sensações possíveis, há aqueles e aquelas, que insistem, por motivos diversos, em manter uma experiência que já provou ser um completo fracasso, que nenhuma sensação agradável se poderão obter.

Eu, me perguntei, por muito tempo sobre os porques, os quês, os quem, os comos, e etc. E, a explicação é muito simples. Há pessoas, que conseguem, extrair boas sensações no sofrimento, na dor, na desgraça alheia.

Há quem prefira o agridoce sabor da vingança do que a satisfação da justiça realizada. Há humanos que são como baratas: Se adaptam em ambiente diversos e são resistentes a diversas experiências.

Nossas sensações são únicas, no entanto, há pessoas que impõe ao outro, a obrigatoriedade de saber repetir, de conseguir sempre a mesma sensação, em situações diferentes, em épocas diferentes, em momentos diferentes. Algumas experiências só nos proporcionam um único momento de excitação, euforia. Entretanto, alguns de nossa espécie, morrem de overdose, outros de cirrose, outros de uma batida violenta no seu carro. Tudo isto em busca daquela primeira, única e última sensação.

Na minha opinião, é na vida amorosa que mais desejamos conseguir a melhor das experiências. Mas nem sempre é possível. As experiências neste campo, são delicadas, e extremamente volúvel. E tem um lado ruim, danoso e mesquinho.  Pois, há quem sinta prazer na dor do outro. Há quem deleita-se em oprimir, ferir, e dizer: se não é meu (minha), não é de mais ninguém.

Tais experiências envolvem a boa manipulação, não só de seus elementos, mas depende também da ação química entres os elementos envolvidos. E em muitos casos, uma parte tem uma experiência legal e gratificante, porém, não no outro. E ai, há quem diga: Se não és feliz comigo, também desgraçado(a), eu acabo com você. E usam grilhões diversos. Ameaças. Chantagens.Música: Please Don´t Go - Double You

Muitas vezes, é ao ferir, que o prazer é gerado. Mórbido isso! Porém real. Talvez porque nunca tenham lido o poeta: “Entre as diversas formas de mendicância , a mais humilhante é a do amor implorado.” (Carlos Drummond de Andrade)

Há mulheres e homens que vivem sofrendo com o medo de nunca mais conseguirem repetir ao menos o inicio de uma nova experiência. Estas pessoas, se prendem a sensações antigas, na esperança, de que, talvez, quem sabe, algum dia, volte a sentir-se como antes. E na maior cara de pau, dizem: O que é que vou fazer de minha vida?

Há quem sinta prazer e boas sensações na avareza. Há quem sinta prazer na inveja. Há quem sinta prazer na injuria. Porque as experiências, com tais elementos, provocaram neles, sensações agradáveis, e então, elas gostam e acham normal. Fracassados! Insistem em tais experiências ad extremum. (Expressões Latinas)

Prejudiando ao parceiro. Prejudicando filhos, familias inteira até, com apenas o desejo egoísta de se algum dia acontecer que aquela antiga experiência provoque aquela sensação que já está quase esquecida… mas, chega!!! mude suas experiências, obtenha novas sensações.

Experiências e Sensações! Todos procuramos a melhor sensação. Quando gostamos de uma, vamos sempre querer repeti-la. Somos nós mesmos, nossas cobaias. E tentamos reagir a nossas experiências para conseguir a recompensa que é uma sensação agradável, que chamamos de felicidade. 

Queremos sentir sempre as entranhas enrolar, o fôlego faltar, o coração acelerar e os lábios tremer.  Alguns, sentem-se assim, no perigo; outros no alcool, alguns buscam isso nas drogas. Porém, as experiências que melhor sensações nos provocam são: Amor. Sexo e Poder. Talvez, não nesta ordem, e também não apenas estes!

Opine!


Anúncios

8 comentários em “Experiências e sensações – Parte 2

  1. Ah, Adão. Minha vida amorosa dá certo, sim… Foi só modo de dizer… É o que as pessoas dizem quando se auto-sabotam… Não posso reclamar muito da minha… Movimentaaaaada…

  2. Marcos:
    ===============
    Grato! sem comentários…
    Só agradecimento!

    Beth:
    ===============
    Se for dirigir, não beba.
    Se for beber, não esqueça, me chame!
    Tome uma dose por mim.

    Sarah
    ============
    Estamos ainda abestalhados com o que
    alguém fez pelo “se não for meu, não é de mais ninguém” .
    Disparou, na ex-companheira, que veio passar
    férias aqui na região 13 tiros. E a coitada
    antes de ir disse para as amigas:
    – Eu vou lá ver ele, senão pode ser pior!

    AP
    =================
    Quando eu ficar livre dou o jeito
    eu sua vida amorosa que nunca dá certo!

    Tenho uma ex- (Hoje mora em BH)
    que a vida dela era assim,
    depois de mim, se consertou…

    ha ha ha

    Carola
    =================
    Sua vida, não parece ser uma vida nababesca,
    mas pode ser invejável…
    Que luxo menina!

    Um cheiro para todos e todas.

  3. Beth, minha querida:

    Não sei se é verdade ou lenda, mas o depois vou procurar no http://www.projetoockham.org/ lá sempre aparece alguns comentários sobre as mais diferentes teorias.

    Quanto ao conhaque, outro dia li numa traseira de um carro assim:

    Se for dirigir, não beba.
    Se for beber, não esqueça: me chame.

    Tome uma por mim.

    Ana Paula:

    Se você fosse presbiteriana, diria que você foi presdestinada a isto.

    Se fosse espirita, é seu carma… só posso desejar que um dia, encontre alguém como eu… ha ha ha

    Quanto ao egoismo, eu sou mais. Sou egoista, preconceituoso, pessimista, apocaliptico e fatalista.

    Querida Sarah:
    ————————————
    “se não for meu, não é de mais ninguém”, ainda hoje, estamos abestalhado com o crime passional que ocorreu ontem aqui na região, e foi seguindo este pensamento. O sujeito, até um menino, 19 a 21 anos de idade, alvejou sua ex-companheira umas 13 vezes.

    Que tristeza!

  4. “se não for meu, não é de mais ninguém” . Que horror.
    “Manipular para reviver sensações?” Ou é ou não é.
    O frio na barriga, aquele turbilhão de sensações só quando pelo menos um carrega a verdade. e só sente quem está com ela.
    É triste demais ver alguém assim.
    Já ouvi assim, “se eu seguir a minha vida ela vai ser de outro” .´
    Postei uma texto meio doido, passa lá depois.
    bjs

  5. Adão, tem gente que até parte para outros relacionamentos. Mas se auto-sabota, para repetir os mesmos fracassos. Ou repete os mesmos padrões, escolhe o mesmo tipo de parceiro… éa profecia auto-realizada: minha vida amorosa nunca dá certo.

    Eu sou um pouco medrosa. Acho que é questão de sobrevivência. Mas sempre parto para outra. Pollyanna dos relacionamentos, sempre acabo me apaixonando de novo, e de novo e denovo… Procuro não manter padrões…. Um dia eu acerto!

    Quanto ao egoísmo… É inerente ao ser humano, mas algumas pessoas extraploam, não é?

  6. Li alguma vez em algum lugar que as baratas são os únicos seres capazes de sobreviver a radiação de uma bomba atômica. Uau que coisa morbida!

    bjs …

    Amigo, estou tomando conhaque durante uns dias. Mas prometo passar quando der.

    +++ bjs

  7. O que eu posso dizer, é a natureza humana. Por causa da diversidade pode-se chegar ao conceito de certo e errado, mas isso é muito inerente da realidade da pessoa em si.
    Como questionar, julgar ou diferenciar as pessoas e suas formas e práticas de busca ao amor? Claro, sofrem (ou não) os que ficam pra trás, porém relacionamento consiste em dois seres pensantes e com livre arbítrio pra chutar a bunda do outro a hora que encher o saco.
    Eu não tenho como dizer quais são as melhores, pq assim que encotrei aquele que me satisfez, eu na minha humildade de espírito, fico feliz com tudo o que ele me oferece, e não tem como enumerar as sensações pq são diversas e variantes.
    Pessoas (com seus agregados) mudam todos os dias, diantes de situações e realidades diferentes. A unica coisa que se espera é que o carater continue o mesmo.

Comentar este texto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s